Boa tarde, Sexta Feira 28 de Julho de 2017
Saúde Coluna Social Classificados Sobre o Site Fale Conosco

Clientes residenciais da Energisa podem parcelar débitos

GC Notícias | 14/03/2017 16:01

Empresa oferece condições especiais para renegociação até dia 31 de março

Clientes residenciais da Energisa em todo o estado de Mato Grosso podem ir às agências e postos de atendimento para negociar seus débitos com isenção de multa e redução dos juros pela metade. As condições especiais são válidas até o dia 31 de março e valem para parcelamento de contas vencidas há mais de 30 dias. “Nossos clientes, assim como toda a população brasileira, estão sentindo o impacto da crise econômica. Lançar a campanha de negociação de débitos neste momento é estratégico para dar aos nossos clientes a oportunidade de quitar pendências com a empresa e assim, poder usufruir do conforto da energia elétrica sem esta preocupação”, pondera o diretor Técnico e Comercial da Energisa Mato Grosso, Amaury Damiance.

Para fazer o parcelamento, o cliente precisa dar uma entrada de 30% do valor do débito, que poderá ser dividido até em 6 vezes, dependendo do valor. A correção monetária e os juros de financiamento serão mantidos. Podem ser parcelados débitos de unidades consumidoras ligadas ou desligadas.

Somente o titular da conta de luz pode fazer esta negociação. É preciso levar documentos pessoais (CPF e RG). Caso o titular não possa comparecer, um representante legal pode ir até as agências e postos de atendimento da Energisa com procuração registrada em cartório e documentos pessoais.

A Energisa Mato Grosso possui 143 agências e postos de atendimento. No site www.energisa.com.br - seção Canais de Atendimento, item Agências de Atendimento - é possível encontrar a unidade mais próxima do cliente. Já pelo aplicativo Energisa On, disponível gratuitamente para download em todo o estado, o cliente encontra o local mais próximo para negociação ao clicar no ícone Atendimento e Pagamento. Há ainda a opção por localidade ou pelo local mais próximo de onde estiver naquele momento.

Mais informações podem ser consultados pelo 0800 646 4196.

Fonte: Redação