Bom dia, Segunda Feira 29 de Maio de 2017
Saúde Coluna Social Classificados Sobre o Site Fale Conosco

Plantio do algodão tem ritmo lento em Mato Grosso; projeção é de intensificar nos próximos dias

GC Notícias | 22/12/2016 10:15

Ainda assim, os produtores estão otimistas com as futuras condições climáticas

O  plantio do algodão em Mato Grosso está em ritmo lento se comparado aos trabalhos o ano passado nesta época. Até o momento 1,5% dos 600.079 hectares destinados para a cultura receberam as sementes, enquanto no ciclo passado haviam sido 2,47% de 612 mil hectares. A expectativa é que os trabalhos ganhem celeridade nas próximas semanas, impulsionados pelas boas condições climáticas dos últimos dias.

O plantio do algodão em Mato Grosso nas regiões Sul e do Vale do Araguaia foram liberados no dia 1º de dezembro, enquanto nas regiões Norte e Noroeste no dia 15. A semeadura deverá ocorrer, conforme Instrução Normativa 001/2016, de 03 de maio, até o dia 28 de fevereiro.

Dos 600.079 hectares a serem plantados pelos cotonicultores na safra 2016/2017 83.409 hectares serão de primeira safra e 516.670 hectares em segunda safra.

De acordo com informações do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), dentre todas as regiões que iniciaram o plantio do algodão no Estado a mais avançada é a Sudeste com 3,9% de seus 215,2 mil hectares. O Oeste mato-grossense semeou apenas 0,1%, o Centro-Sul 0,7%, o Médio-Norte 0,3% e o Nordeste 0,5%. Já o Noroeste não iniciou o plantio.

Ainda segundo o Imea, até o momento 49,4% das 985,6 mil toneladas previstas de pluma de algodão foram comercializadas, enquanto em caroço de algodão 15,1% das 1,321 milhões de toneladas.

Fonte: Olhar Direto