Boa noite, Quarta Feira 16 de Janeiro de 2019

Economia

Quem exibe nas redes sociais bens não declarados no Imposto de Renda pode cair na malha fina

Ostentação na internet será observada pela Receita Federal

Post caro | 14 de Março de 2017 as 16h 16min
Fonte: Redação

A Receita Federal apertou o cerco, este ano, aos contribuintes que exibem nas redes sociais os bens que não foram informados na declaração de Imposto de Renda. Para isso, o órgão informou que está monitorando e cruzando as informações de quem gosta de ostentar na internet para tentar identificar possíveis sonegadores. Segundo o professor de Ciências Contábeis da Faculdade Mackenzie Rio, Hélio Azevedo, quem apresentar na internet bens incompatíveis, poderá cair na malha fina.

“A investigação nas redes sociais é um procedimento novo da Receita Federal, mas que é válido. Com isso, o órgão está expandido a base de investigação utilizada, tornando a fiscalização mais eficaz. Se o contribuinte estiver exibindo na internet algo que não é compatível com o patrimônio declarado, poderá ter que prestar explicações ao Fisco”, explica o professor.

Segundo ele, por outro lado, caso seja notificado, o contribuinte poderá fazer o questionamento na Justiça. “A legislação permite que faça o questionamento na Justiça”, afirma.

 

COMENTARIOS