Boa tarde, Quinta Feira 20 de Fevereiro de 2020

Educação

Pivetta confirma instalação de escola militar em Sinop

Instituição irá funcionar na mesma estrutura de uma faculdade privada

Em 60 dias | 31 de Janeiro de 2020 as 16h 54min
Fonte: Jamerson Miléski

 

Sinop terá uma escola militar Tiradentes ainda este ano. A confirmação foi dada pelo vice-governador de Mato Grosso, Otaviano Pivetta. Na manhã desta sexta-feira (31), durante sua visita para inspecionar as unidades escolares do estado no município, Pivetta garantiu a instalação de uma escola militar na cidade.

A efetivação de uma Escola Tiradentes – como são chamadas as instituições de ensino administradas pela Polícia Militar de Mato Grosso – é um pleito antigo. A proposta inicialmente encabeçada pelo vereador Luciano Chitolina (PSDB), chegou a ganhar respaldo do ex-governador Pedro Taques (PSDB). Em dezembro de 2017 ele prometeu a operação de uma escola militar ainda em 2018 – que funcionaria em uma escola nova, construída pelo município. A promessa não se concretizou.

As tratativas atravessaram 2019 e agora, em 2020, o educandário militar deve ser consolidado.

Pivetta estimou que, dentro de 60 dias, esteja tudo pronto para lançar o primeiro processo seletivo da Escola Militar de Sinop. Nesse tipo de instituição os alunos fazem uma espécie de prova para conseguir o acesso.

A Escola Militar de Sinop funcionará em um prédio alugado pela prefeitura. Segundo a prefeita Rosana Martinelli (PL), o município se colocou a disposição para arcar com o aluguel e a Secretaria de Segurança Pública do Estado tratou de vistoriar os imóveis aptos.

O prédio escolhido foi da Unic do Setor Industrial, próximo da UFMT. O prédio pertence a uma instituição privada de ensino superior. A ideia é que a prefeitura loque o espaço durante o dia – no contra-turno das aulas da faculdade. “A vistoria já foi feita pelos técnicos da secretaria de segurança que apontaram que o prédio atende aos pré-requisitos para o funcionamento da Escola Militar”, afirmou Rosana.

As escolas militares Tiradentes são geridas pela secretaria de Segurança do Estado, tendo como parte dos seus professores policiais militares concursados pelo Estado, que possuam também formação superior em licenciatura – aptos a ensinar.

O rigor da disciplina, dos hábitos de convívio no interior da escola e do uniforme – que lembram uma farda militar – são algumas características desse tipo de instituição.