Bom dia, Quarta Feira 26 de Julho de 2017
Saúde Coluna Social Classificados Sobre o Site Fale Conosco

Abatido, Birigui diz que Sinop não merecia perder o título

GC Notícias | 08/05/2017 09:07
Para o treinador do Galo do Norte o melhor time acabou sendo punido pelo regulamento, e pede cabeça
Para o treinador do Galo do Norte o melhor time acabou sendo punido pelo regulamento, e pede cabeça

Galo esta garantido na Copa Brasil-2018

O abatimento do treinador Marcos Birigui com a perda do título do Sinop para o Cuiabá, nos pênaltis, foi a tônica do vestiário do Galo do Norte. O time venceu o Dourado por 1 a 0 no tempo normal, mas acabou sucumbindo nas cobranças de pênaltis e deixou o título escapar pelo segundo ano seguido, mais uma vez em casa - em 2016 a derrota no Gigante do Norte foi para o Luverdense. O comandante da equipe lamentou muito o revés, que para ele foi injusto por tudo o que a equipe produziu ao longo do campeonato.

- Foi um time guerreiro que considero campeão. Somamos mais pontos que todos, tivemos os principais artilheiros com o Andrezinho, Cabralzinho e Jorge Preá, não perdemos em casa, mas infelizmente o regulamento não ajudou em nada. Nem gol fora, nem melhor campanha. Estou muito chateado, acho que o Cuiabá teve os méritos, mas o título tinha que ser do Sinop por tudo que fez no campeonato e pela partida de hoje que poderia ter saído com um placar maior.

ASSISTA OS PRINCIPAIS LANCES DA PARTIDA

Depois de perder por 2 a 1 para o Cuiabá na Arena Pantanal, pelo jogo de ida, o Sinop precisava vencer por pelo menos dois gols de diferença. O triunfo por 1 a 0, com gol de Andrezinho, levou a decisão para os pênaltis. No fim, o meia Alex errou a quarta cobrança e o Dourado converteu todas, deixando o placar final em 5 a 4 para o time da capital.

- Caímos de pé e com a sensação de dever cumprido. Não conseguimos o título, mas mostramos que somos fortes sim. Foi uma infelicidade muito grande nos pênaltis. O Alex é o nosso melhor cobrador, o batedor oficial e justamente o que errou. Ironia grande do destino.

Uma das surpresas na escalação foi a entrada de Andrezinho, que mesmo com uma luxação no cotovelo foi o autor do gol. Ele formou o trio de ataque com Preá e Cabralzinho.

- Entramos com três atacantes, sempre propondo o jogo. Somos fortes, o Cuiabá começou com o cai cai, um anti-jogo. É dolorido perder um título assim. Na derrota por 2 a 1 acabamos marcando um gol contra, uma infelicidade e só perdemo o título nos pênaltis. Vida que segue, a segunda-feira será longa e de cabeça inchada, mas na terça já temos que voltar aos trabalhos.

O Galo do Norte vai disputar a Série D do Brasileiro pelo segundo ano seguido. No dia 21, enfrenta o Comercial-MS, fora de casa.

- Temos um projeto desde o ano passado que é buscar o acesso e o título do Mato-Grossense. Não deu esse ano novo, vamos tentar de novo. Se nada der errado eu continuo no comando do Sinop. Já sou cidadão sinopense com muito orgulho e temos equipe para brigar pelo acesso à Série C. Queríamos muito dar esse título para essa torcida maravilhosa, mas agora é continuar nosso objetivo.

 

Fonte: Showdoesporte/Globo Esporte/Cuiabá