Boa tarde, Quarta Feira 14 de Novembro de 2018
Saúde Coluna Social Classificados Sobre o Site Fale Conosco

Cuiabano perde 18 kg e conquista título de campeão brasileiro de Muay Thai

GC Notícias | 23/10/2018 08:08
Foto: Sandra Carvalho

Luiz Antônio, de 20 anos, conseguiu bater o peso em 30 dias com dieta rica em proteínas e disciplina

O atleta Luiz Antônio de Carvalho e Leventi Guimarães, 20 anos, é o campeão brasileiro de Muay Thai 2018 na categoria 86 quilos. O título garante o seu passaporte para o mundial que acontece em março, na Tailândia.

Luiz Antônio conquistou o título neste último final de semana (20 e 21.10) durante o 4º Campeonato Brasileiro de Muay Thai e Muay Boran realizado em Campo Grande (MS) com a participação de cerca de 250 atletas de todo o país. Além da disciplina nos treinos, Luiz Antônio perdeu 18 quilos nos últimos trinta dias para bater o peso.

Acadêmico do 3º semestre do curso de Engenharia Civil da UFMT, Luiz Antônio divide os estudos com a academia. Iniciou aos 12 anos lutando Taekwondo e há três anos conheceu o Muay Thai.

Para bater o peso no brasileiro, Luiz Antônio emagreceu 18 kg em trinta dias a base de uma dieta rica em proteínas.

“Eu pesava 118 quilos quando entrei pela primeira vez na academia para treinar Muay Thai e agora sigo uma disciplina alimentar para manter o peso”, conta o atleta, que já está focado no mundial.

Os treinos diários são acompanhados pelo técnico Rodrigo Alex da Silva Nunes, o mestre Macaco, na academia Team Nogueira. “O campeonato reuniu atletas de alto nível e os nossos representaram muito bem Mato Grosso”, comemora o treinador.

Além de Luiz Antônio, que conquistou o título de campeão estadual no município de Sorriso em maio passado, outros dois atletas mato-grossenses trouxeram medalhas. Fernando Guilherme Oliveira da Silva, 18 anos, campeão brasileiro na categoria 60 quilos, e Inaléia Ferreira, 38 anos, que trouxe o título de campeã brasileira nos 71 quilos e vice nos 75 quilos. Inaléia é tricampeã estadual , bicampeã nacional, vice campeã de boxe 2017 e campeã na Copa Brasil 2017

Mestre Macaco afirma que os medalhistas mato-grossenses têm plenas condições de disputar títulos no mundial, mas que devem dobrar o foco nos treinos. “No caso do Luiz Antônio, geralmente os adversários são de países como a Rússia, Israel, Espanha e Jordânia”, observa.

Fonte: Sandra Carvalho