Bom dia, Terça Feira 17 de Outubro de 2017
Saúde Coluna Social Classificados Sobre o Site Fale Conosco

Série B: Luverdense perde para Criciúma e volta a ser ameaçado

GC Notícias | 11/09/2017 07:43
Tigre saiu na frente com Edson Borges, sofreu empate de Marcos Aurélio, mas conseguiu a vitória com
Tigre saiu na frente com Edson Borges, sofreu empate de Marcos Aurélio, mas conseguiu a vitória com

Luverdense em situação complicada na Série B

O Criciúma recebeu e venceu o Luverdense, na tarde deste sábado, pela Série B. Depois de um primeiro tempo sonolento, o Tigre saiu na frente com Edson Borges aos 16 minutos da etapa final. Quatro minutos depois, viu o Luverdense empatar, com Marcos Aurélio. Quando o resultado parecia definido, Silvinho acertou bonito chute na entrada da área e deu números finais à partida. O resultado colocou os catarinenses na oitava posição, com 34 pontos, enquanto que os visitantes se mantiveram na 15ª colocação, com 27. 

Na primeira etapa, poucas oportunidades criadas. Criciúma e Luverdense muito mais se estudaram do que se agrediram. O medo de errar e dar chance ao adversário evitava que jogadas mais criativas e objetivas acontecessem, e a bola ficava muito presa no meio campo. O Tire foi que mesteve mais próximo de marcar, aos 16 minutos, depois que Silvinho cruzou com veneno pela esquerda e a bola sobrou dentro da área para Kalil, que chutou fraco e em cima de Diogo Silva. 

Era de se esperar uma postura diferente nos 45 minutos finais, pela necessidade do resultado e pela pressão da torcida. E de fato, o Criciúma voltou mais afim de jogo. Pressionando a saída de bola adversária e encurralando o Luverdense no seu campo defensivo, o Tigre foi ganhando terreno e chegou ao gol aos 14 minutos, com Edson Borges. Depois de cobrança de falta de Silvinho, o zagueiro subiu sozinho e testou firme para abrir o placar no Heriberto Hülse. 

Porém, a vantagem não durou muito. Aos 20 minutos, depois de uma linda jogada coletiva, Marcos Aurélio tabelou com Sérgio Mota e chutou firme de pé esquerdo para deixar tudo igual em Santa Catarina. O Luverdense se empolgou com o gol e quase virou um minito depois, com Sérgio Mota, mas o atacante parou em boa defesa de Luiz. 

Depois, ambas as equipes vinham alternando bons momentos, até que Silvinho colocou a equipe da casa na frente de novo, aos 37 minutos. O meia recebeu na entrada da área e bateu bem, sem chances para Diogo Silva. Com pouco tempo no relógio, o Luverdense não conseguiu reagir e a partida terminou com o placar de 2 a 1. O resultado fez o Tigre subir para a oitava posição, com 34 pontos, perto do G4 da competição. O Luverdense se manteve na 15[ colocação, com 27.

Fonte: Showdoesporte/Terra