Bom dia, Quinta Feira 22 de Junho de 2017
Saúde Coluna Social Classificados Sobre o Site Fale Conosco

Após 20 horas, Corpo de Bombeiros controla incêndio em Atacadão em MT

GC Notícias | 13/05/2017 14:54
Com risco de desabamento, bombeiros terminam combate a incêndio em supermercado em Rondonópolis
Foto - reprodução de testemunhas
Com risco de desabamento, bombeiros terminam combate a incêndio em supermercado em Rondonópolis

Atacadão que pegou fogo não possuía alvará de segurança, diz Bombeiros

O Combate ao incêndio em supermercado atacadista em Rondonópolis  a 691 km de Sinop  continuou por toda a noite de sexta-feira (12) e início da manhã deste sábado (13). Cerca de 40 pessoas foram atendidas em unidades de saúde, 27 com intoxicação pela fumaça e um indígena precisou ser internado na UTI. Incêndio começou no Atacadão por volta das 16h30 da tarde. Local não possuía alvará de segurança do Corpo de Bombeiros, desde 2014.

O Comandante da operação, Wanderley Bonoto aponta que o Atacadão, estava lotado no momento do incêndio e que a preocupação maior era retirar todas as pessoas que estavam no local com segurança. Segundo Bonoto, 50 militares trabalharam na contenção das chamas, que contou com apoio de 4 ambulâncias do Samu e aeronave para o rescaldo.

O Fogo começou no depósito da unidade por volta das 16h30 e rapidamente se alastrou pelo prédio produzindo fumaça tóxica e explosões devido material inflamável.

Conforme os Bombeiros, apesar da correria, muitas pessoas começaram a gravar o incêndio e tirar fotos, colocando em risco suas vidas. 

O Incêndio de grandes proporções danificou quase que por completo a estrutura do estabelecimento e havia risco de desabamento. Residências e outros comércios próximos não foram atingidos.

Registro dos Bombeiros aponta que a unidade não renovou alvará de segurança desde 2014, conforme consta no sistema de protocolo do 3° BBM.

 

Nota do Atacadão

A respeito do incêndio na loja de Rondonópolis na tarde da sexta-feira (12), a empresa informa que o Corpo de Bombeiros foi acionado tão logo foi detectado. As equipes de gestão da companhia estão mobilizadas no apoio necessário à unidade. A rede lamenta profundamente o ocorrido, esclarece que segue estritamente todas as normas de segurança e vai colaborar com as autoridades competentes para a elucidação do caso.

Fonte: Redação com Gazeta Digital