Boa noite, Terça Feira 11 de Dezembro de 2018
Saúde Coluna Social Classificados Sobre o Site Fale Conosco

Aves silvestres de Sinop irão receber próteses para os bicos

GC Notícias | 05/04/2016 11:22

Modelagem dos bicos em 3D, impressão e a cirurgia serão feitas no município

O designer 3D, Cícero Moraes já desenhou próteses para um jabuti de Brasília, bicos para um tucano, um papagaio, uma arara e um ganso de São Paulo. Depois de ajudar bichos espalhados pelo Brasil, chegou a hora de dar uma atenção para os animais de sua cidade.

Na próxima semana duas aves típicas da Amazônia irão receber próteses modeladas por Cícero. Será a primeira aplicação da tecnologia em animais de Sinop, cidade em que reside o designer. Através da tecnologia serão confeccionadas próteses para uma arara Canindé e um araçari.

A reabilitação dessas aves exige mais do que softwares. Cícero conseguiu atrair para a sua cidade uma “liga” de especialistas que farão a operação dos animais. Os dois procedimentos irão ocorrer entre os dias 14  à 17 de abril. Nesse período estará em Sinop o companheiro de pesquisas de Cícero, especialista em odontologia legal, Paulo Miamoto (SP). Caberá a ele fazer o levantamento dos animais e gerar os dados que serão utilizados na modelagem das próteses em 3D. Também estarão em Sinop o médico veterinário Rodrigo Rabello (DF) e cirurgião dentista Everton da Rosa (DF), que farão o diagnóstico das aves. A instalação da prótese será feita por outro veterinário, Sergio Camargo (SP), especialista nesse tipo de cirurgia.

As próteses serão impressas em 3D utilizando como um polímero popularmente chamado de ABS (Acrilonitrila butadieno estireno). O material lembra um plástico, é mais acessível e barato do que titânio (utilizado na arara Gigi), porém com resistência similar. “Nós já implantamos uma prótese feita com esse material em um papagaio e o resultado foi positivo. Ele se alimenta, escala e rasga objetos com o bico sem dificuldades”, comenta Cícero.

A impressão será feita pelo sinopense Cristhian Sagin. Ele contará com o apoio de Cláudio Luís Marques Sampaio, de Campinas, especialista em impressão em 3 dimensões.

Além da enxurrada de especialistas envolvidos na reconstrução do bico dessas aves silvestres, a empreita também atraiu a atenção da imprensa internacional. Uma equipe de reportagem da França estará em Sinop para cobrir o feito.

 

Aves biônicas

A arara Canindé que irá receber a prótese pode ser vista diariamente no Parque Florestal de Sinop, um espaço de visitação pública construído em uma área de preservação permanente na área urbana da cidade, que abriga vários animais silvestres “soltos”. O animal perdeu parte do bico e apresenta dificuldade de se alimentar.

Várias pessoas que visitaram o parque enviaram fotos da arara para Cícero. Apesar da vontade de ajudar, o designer não podia simplesmente fazer um bico para a arara. Foi preciso obter todas as autorizações do órgão ambiental competente para então dar início ao processo que será finalizado na próxima semana. Em breve o Parque Florestal, além dos macacos-pregos, jabutis e papagaios terá uma arara com um bico de plástico.

Já o araçari deve ser menos visto. A ave foi recolhida pelo Corpo de Bombeiros de Sinop e entregue para uma médica veterinária, que cuida do animal em sua casa. O araçari perdeu a parte de baixo do bico e precisará de uma prótese para se reestabelecer.

Fonte: Jamerson Miléski