Boa tarde, Domingo 17 de Novembro de 2019

Geral

Bombeiros pedem área para construção de um posto avançado

Estrutura de apoio ficará na região da Avenida André Maggi

Sinop | 13 de Agosto de 2019 as 16h 35min
Fonte: Jamerson Miléski

Foto: Assessoria

O Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso pretende construir uma nova unidade no município de Sinop. Para melhorar a logística, um posto avançado está sendo projetado para o eixo nordeste da cidade, próximo a Avenida André Maggi. O batalhão do Corpo de Bombeiros em Sinop, única unidade da corporação, fica às margens da BR-163, na parte Sul, próximo do Grande São Cristóvão.

A intenção de efetivar um posto de apoio foi oficializada pelo comandante geral do Corpo de Bombeiros, Alessandro Ferreira. Em ofício dirigido à prefeita de Sinop, Rosana Martinelli (PR), o comandante pede que seja realizado um convênio com a prefeitura afim de viabilizar o Posto Avançado.

O assunto foi discutido em uma reunião realizada hoje, terça-feira (13), no gabinete da prefeita, com o comandante regional, Giovani Eggers. Rosana sinalizou a doação de uma área de 5 mil metros quadrados, localizada entre o Jardim Europa e o Residencial Delta – em um lote de frente para a Rua Inglaterra e com a Avenida das Figueiras ao fundo.

A intenção da prefeita é fazer uma antecipação da área institucional. Existe um pré-projeto de loteamento para essa área de 111 mil metros quadrados, que é privada. Com a antecipação, a prefeitura receberia a parte referente a área institucional (que por lei deve corresponder a 10% do loteamento), antes do empreendimento ser instalado. No mesmo ato, transmitiria a propriedade para o Corpo de Bombeiros instalar sua nova unidade.

A permissão para antecipar a área institucional e também para doar ao Corpo de Bombeiros precisa obrigatoriamente passar pela Câmara de vereadores. Já existe um pré-projeto de lei, rascunhado, que deve ser encaminhado para o legislativo nos próximos 15 dias. No passado a Câmara já avalizou esse tipo de manobra do executivo, como no caso da área para o novo fórum e também para o IFMT (Instituto Federal de Mato Grosso).

Caso receba a área, o Corpo de Bombeiros conta com um orçamento de R$ 200 mil para construção do posto avançado.

COMENTARIOS