Bom dia, Domingo 05 de Abril de 2020

Geral

Com dinheiro das multas, Trânsito prepara compra de R$ 9,9 milhões

Placas, semáforos, pintura de sinalização e locação de veículos estão no pacote milionário

Sinop | 04 de Fevereiro de 2020 as 17h 14min
Fonte: Jamerson Miléski

A secretaria de Trânsito de Sinop prepara a maior compra da sua história. A pasta que sempre teve um orçamento diminuto pretende gastar nos próximos meses R$ 9,9 milhões em dispositivos de trânsito e locação de viaturas – cerca de R$ 1 milhão a mais do que foi aplicado na implantação do sistema de monitoramento de trânsito (radares). As dotações orçamentárias que a prefeitura vai utilizar para fazer essas compras tem como fonte de receita o código 0136 – que é utilizada para identificar os recursos recolhidos através das multas de trânsito aplicadas.

O “pacote” de investimentos no trânsito de Sinop está dividido em duas compras. A maior delas é o Pregão Presencial 05/2020, que será aberto no dia 14 de fevereiro. Essa licitação engloba a compra e instalação de dispositivos de sinalização de trânsito. O edital estabelece um valor global de R$ 9.789.608,00.

A maior parte desse dinheiro deve ser gasto com a sinalização horizontal. Entre pinturas, taxas reflexivas, rampas de acessibilidade e serviços de georeferenciamento a prefeitura pretende gastar R$ 4,5 milhões.

A licitação também inclui a sinalização vertical, com a compra e instalação de placas, postes, colunas, iluminadores e ‘kit-travessia’ para pedestres. Nesse grupo a estimativa é de que sejam gastos R$ 1,9 milhão.

O pregão presencial 05/2020 também licita a compra e instalação de 20 conjuntos de semáforo, de diferentes configurações e modelos, que totalizam R$ 1,7 milhão.

Por fim, a licitação também inclui a contratação de pessoas para fazer a implantação desses dispositivos e a manutenção dos equipamentos instalados. Somente com pessoal, a estimativa é de que sejam gastos R$ 1,5 milhão.

Os valores da compra que a prefeitura lançou estão no edital da licitação e estabelecem o valor máximo que o município está disposto a pagar. Conforme a disputa do certame, esses valores podem baixar.

 

Aluguel de viaturas

A segunda compra lançada pela secretaria de Trânsito é o pregão presencial 06/2020, que será aberto no dia 17 de fevereiro. A licitação é para locação de viaturas para a Guarda Municipal. A proposta é substituir a frota própria por veículos alugados.

Segundo a secretaria de Trânsito, atualmente a pasta conta com 3 veículos, dois fabricados em 2013 e um em 2009. A frota “velha” estaria gerando muitas despesas para a pasta e a renovação aconteceria através da locação – o que na avaliação da secretaria se torna algo mais “econômico”.

Nessa licitação a Secretaria de Trânsito pretende alugar 3 veículos, do tipo SUV compacto. As viaturas precisam ter motor flex (gasolina e etanol), cambio manual, tração 4x2 e 110 cavalos de potência. Os veículos precisam vir plotados com o padrão da guarda de trânsito, ter rádio VHF e giroflex. A contratação incluí a troca de pneus quando necessário.

Pelo aluguel de um ano desses 3 SUV’s, a prefeitura está disposta a pagar R$ 165 mil – que equivale a R$ 4,6 mil por veículo/mês.

O GC Notícias consultou uma empresa que trabalha com a locação de veículos. O aluguel mensal de uma Nissan Kicks (que se encaixa com a descrição da licitação), para pessoa física, é de R$ 2.189,00 – menos da metade do que foi cotado pela prefeitura.

Caso preferisse comprar o veículo, a prefeitura gastaria com a aquisição de 3 SUV’s Nissan Kicks cerca de R$ 220 mil – de acordo com as configurações escolhidas.

Os valores estabelecidos no edital de licitação estabelecem o valor “teto” da compra. O preço final pode baixar de acordo com as disputas de empresas interessadas em fornecer para prefeitura.