Bom dia, Terça Feira 17 de Outubro de 2017
Saúde Coluna Social Classificados Sobre o Site Fale Conosco

Com promessa de pagamento, protesto na BR-163 é suspenso

GC Notícias | 05/10/2017 16:51
MB Produções

Representante da Fundação informou que ficou definido o pagamento de R$ 1,7 milhão

O representante da Fundação de Saúde Comunitária de Sinop, que administra o Hospital Regional, Wellington Randall Arantes, informou a prefeita de Sinop, Rosana Martinelli (PR), de que o Governo do Estado se comprometeu a efetuar o repasse de R$ 1,7 milhão para o pagamento de funcionários e compra de medicamentos, possibilitando o atendimento das emergências. Com isso, o segundo fechamento da BR-163, programado para a tarde desta quinta-feira (5), foi suspenso.

De acordo com a prefeita, o representante da Fundação de Saúde Comunitária de Sinop complementou que na próxima terça-feira (10), nova reunião será realizada em Cuiabá para tratar sobre o restante do recurso que deve ser repassado pelo Estado. “O Welligton me disse agora a tarde por telefone, que teve uma reunião com o Governo do Estado e com deputados, e que esse repasse será feito para o pagamento do salário dos funcionários e compra de remédios, com isso o Hospital Regional conseguirá atender as emergências e que na terça-feira, nova reunião será realizada. Diante do comunicado da administração do hospital, resolvemos paralisar por enquanto o fechamento da BR-163. Estamos ajudando a cobrar a regularização do hospital, e estaremos acompanhando para que isso aconteça”, afirmou Rosana Martinelli.

A prefeita comentou que com a garantia do Hospital Regional de que estarão atendendo as emergências e de que até terça-feira deve normalizar, é importante pois deixa de sobrecarregar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

 

HOSPITAL REGIONAL

Em Sinop, o Hospital Regional reduziu os atendimentos desde o dia 7 de setembro. Segundo o diretor financeiro da Fundação Social de Saúde, que administra o Hospital Regional de Sinop, Heller Chaves, o último repasse feito pela Secretaria de Estado de Saúde foi em referência ao mês de julho e as diferenças de valores são de aproximadamente R$ 18 milhões. “Porém todas as diferenças desde fevereiro de 2016 até agora não foram repassadas, uma hora alegam que não foi auditada ou falta documentos. Nesse período foram três secretários diferentes e as equipes mudam. Nós não podemos ser reféns da inoperância do estado”, asseverou o administrador.

Com a paralisação dos atendimentos e sobrecarga na UPA 24h, e na tentativa de sensibilizar o Governo do Estado quanto à situação da saúde pública na região Norte de Mato Grosso, representantes de oito municípios participaram de uma manifestação pacífica na última terça-feira (03). Durante uma hora prefeitos, vereadores, entidades, servidores e população em geral fecharam a BR-163, no perímetro urbano de Sinop.

A mobilização começou na Praça da Bíblia e depois o grupo seguiu até o km 821 da BR-163, região do Alto da Glória, em Sinop. O protesto gerou um congestionamento na pista norte de 1,5 km e na pista sul de aproximadamente 2 km.

Fonte: Redação com Assessoria