Boa noite, Segunda Feira 22 de Outubro de 2018
Saúde Coluna Social Classificados Sobre o Site Fale Conosco

Prefeita diz que não faltou diálogo com os servidores

GC Notícias | 02/01/2018 17:48

Administração municipal lista ganhos do funcionalismo público em 2017

O ano de 2018 começa com um indicativo de greve dos servidores municipais de Sinop. Na manhã desta terça-feira (2), os funcionários da prefeitura fizeram um protesto em frente ao paço municipal, anunciando um indicativo de paralisação geral a partir da próxima segunda-feira (8). A categoria está descontente com os reajustes concedidos em 2017 e reclama principalmente da falta de dialogo com o executivo municipal.

Para a prefeita Rosana Martinelli (PR), não faltou diálogo com os servidores. Em nota encaminhada pela assessoria, a administração municipal frisou sua postura com relação ao indicativo de greve. “A prefeitura de Sinop respeita toda e qualquer manifestação democrática e de direito, como a realizada nesta terça-feira, 02, pelos servidores públicos municipais. No decorrer de 2017 foram realizadas inúmeras reuniões visando discutir a pauta de reivindicações e as melhorias pleiteadas pela categoria. Ao contrário do que alega o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais houve abertura para o diálogo e acolhimento dos pedidos da categoria em 2017”, relata a nota.

O comunicado destaca ainda que a prefeitura tem priorizando o pagamento em dia dos servidores públicos, “o que não vem ocorrendo, inclusive, em outros municípios e até mesmo no Poder Executivo estadual”. O executivo municipal entende que algumas das demandas elencadas pelo sindicato já foram atendidas ou estão em andamento, em consonância com a capacidade financeira do município.

Entre as demandas atendidas está o reajuste salarial, de 1,95%, de acordo com o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), indicador utilizado para balizar os reajustes nos anos anteriores. A prefeitura também concedeu um aumento de 10% no vale alimentação, atualmente fixado em R$ 165,00 por mês.

Conforme a nota, a prefeitura fará ainda no primeiro semestre de 2018 a aquisição de uniformes para servidores como Agentes Comunitárias de Saúde e Agente Comunitárias de Endemias, motoristas, operadores de máquinas, operadores braçais, zeladoras, vigias, cozinheiras, merendeiras, garis e demais servidores que executavam atividades meio.

O curso de formação da Guarda Civil Municipal, outra pauta do funcionalismo, já está em andamento. A aquisição de ônibus para transporte dos servidores da secretaria de obras vai ocorrer ainda no primeiro semestre de 2018. Quanto a capacitação de servidores, a nota informa que mais de mil servidores foram capacitados pelo projeto Gestão Humanizada, no ano de 2017.

Entre as pautas do sindicato dos servidores municipais, não respondida pela nota, está o pedido para que os zeladores recebam adicional por insalubridade.

Atualmente Sinop conta com 3,2 mil servidores municipais, sendo a maior parte vinculados a secretaria de Educação. 

Fonte: Jamerson Miléski