Boa noite, Segunda Feira 22 de Outubro de 2018
Saúde Coluna Social Classificados Sobre o Site Fale Conosco

Prefeitura não vai realizar queima de fogos na virada de ano

GC Notícias | 29/12/2017 12:14

Exigências de segurança do Corpo de Bombeiros e falta de tempo inviabilizaram o show pirotécnico

A Prefeitura de Sinop não realizará, neste ano, a queima de fogos entre a virada do dia 31 de dezembro para 1º de janeiro. A decisão foi oficializada nesta sexta-feira (29), pelo Executivo após avaliar critérios como economia financeira e segurança para a realização do evento. O poder público já havia definido pela não promoção de show e Reveillon abertos ao público, estando as discussões exclusivamente em torno da queima de fogos de 10 minutos.

Como explica o diretor de Cultura, Daniel Coutinho, em conversas com a prefeita Rosana Martinelli (PR) dois pontos possíveis para o evento tinham sido apontados: a praça da Bíblia, onde está instalada a vila do Natal dos Sonhos, e a área externa do estádio municipal Gigante do Norte. No primeiro deles, ao serem estudadas as condições da área onde já se encontram dezenas de estruturas da Vila, a proximidade com comércios, residências e rede elétrica, concluiu-se que ela não apresenta condições técnicas para o show pirotécnico (distanciamento entre os equipamentos que disparam os fogos, por exemplo), uma vez que todo o espaço foi preparado para o Natal dos Sonhos. 

Como frisa Coutinho, o Corpo de Bombeiros foi consultado pela Prefeitura sobre a realização do evento e também teceu orientações. De acordo com a instituição militar, a realização de espetáculos pirotécnicos com utilização de fogos de artifício e artefatos similares precisam atender às normas técnicas do Exército Brasileiro, que incluem, por exemplo, a contratação de profissional específico para o momento do show. Há, ainda, a necessidade de projeto de combate à incêndio e pânico aprovado pelo Corpo de Bombeiros. Em função da proximidade da data, não haveria tempo hábil para ser avaliado, pois esta sexta (29) é considerada ponto facultativo. 

Já no estádio municipal, em função do curto intervalo para contratação e montagem das estruturas, a prefeitura optou pela economia dos recursos públicos. "Gostaríamos muito de realizar a queima de fogos em Sinop para fechar o ano com chave de ouro. No entanto, precisamos ter consciência que tudo precisa ser feito com muito cuidado, pois eventos que são realizados sem segurança são um risco para quem os acompanha", destacou a prefeita Rosana Martinelli.

 

Fonte: Assessoria