Bom dia, Sábado 22 de Setembro de 2018
Saúde Coluna Social Classificados Sobre o Site Fale Conosco

Prefeitura revisa metas do planejamento de Sinop para 20 anos

GC Notícias | 22/02/2018 10:07

Resultados das 51 metas do Planejamento Estratégico foi apresentado em audiência

 

A Prefeitura de Sinop realizou, na quarta-feira, 21, a audiência de prestação de contas/apresentação dos resultados das metas instituídas no Planejamento Estratégico para 2017. O evento, que durou pouco mais de duas horas, foi acompanhado por vereadores do município, Conselho de Políticas Públicas, que agrega os conselhos diversos em atividade no município, sociedades, entre outros, presentes no plenário da Secretaria de Administração.

O planejamento estratégico, implantado no último ano na gestão da prefeita Rosana Martinelli (PR), em parceria com o TCE-MT, consiste em um conjunto de ações a serem atingidas em curto, médio e longo prazos no período de 20 anos (2017-2036) em diferentes áreas. Os resultados - sejam eles positivos ou negativos - norteiam a atuação do município mediante os cenários apresentados.

De acordo com o balanço apresentado nesta quarta-feira, Sinop traçou um conjunto de 51 metas a serem alcançadas, de forma periódica e naquele intervalo correspondente. Conforme mostraram os dados, em 2017, pelo menos 5 metas não foram atingidas, sendo uma do objetivo 01 (ampliar e qualificar o acesso ao serviço de saúde); três do objetivo 02 (elevar a expectativa e qualidade de vida da população); uma do objetivo 09 (aprimorar a qualidade da gestão).

"Tivemos a oportunidade, em 2017, de fazer um planejamento para os próximos 20 anos e este planejamento é monitorado pelo TCE. Hoje, estamos fazendo uma prestação de contas do que fizemos, apresentando as ações para os conselhos e sociedade. É importante ter uma perspectiva das ações, planejá-las e concretizá-las. Independentemente de quem estiver no comando do município, Sinop tem que ter uma meta de onde quer chegar e o que quer ser daqui a 20 anos", declarou a prefeita Rosana Martinelli (PR).

As avaliações do planejamento estratégico são frequentes, de forma bimestral, realizadas pela equipe de Planejamento da Prefeitura, que conta com servidores e secretários de todas as secretarias. Atualmente, 24 municípios do Estado trabalham com o planejamento estratégico, com apoio do Tribunal de Contas. Sinop, Tangará da Serra e Campo Verde são considerados cases de sucesso.

Como lembrou a secretária municipal de Orçamento, Planejamento e Gestão, Ivete Mallmann Franke, a apresentação das metas refere-se à uma análise técnica da gestão focada em resultados. "É a efetiva aplicação do recurso público para o cumprimento do que foi estabelecido", salientou. 

Membro do Conselho Municipal de Saúde de Sinop (CMSS-MT), e presente à prestação de contas, o conselheiro Marcos Antônio Saltareli lembrou que, na área da saúde, uma das que registrou indicadores negativos, o desempenho também foi puxado por fatores externos ao município mas que, direta ou indiretamente, impactam no setor, uma vez que a área é considerada tripartite, com responsabilidades delegadas entre as esferas municipal, estadual e federal.

"Alguns indicadores não foram cumpridos. É falha da Secretaria de Saúde? Não. Nós estamos, hoje, fazendo atendimento de alta e média complexidade que é dever do Estado também. Os municípios estão assumindo um papel que não é deles, pois a saúde é tripartite. Hoje, foi oportuno e todas as secretarias estão trocando saberes", ponderou.

Fonte: Redação com Assessoria