Boa noite, Quinta Feira 22 de Agosto de 2019

Geral

Prefeitura lança licitação para construção do novo Fórum

Nova sede do judiciário de Sinop será erguida no Residencial Aquarela das Artes

Sinop | 13 de Agosto de 2019 as 10h 48min
Fonte: Jamerson Miléski

Foto: GC Notícias

A prefeitura de Sinop lançou hoje, terça-feira (13), o edital de licitação para construção do novo Fórum do município. A sede do judiciário será erguida através de uma cooperação técnica entre o Tribunal de Justiça de Mato Grosso e a prefeitura. Os recursos, na ordem de R$ 41,6 milhões serão repassados em duas vezes para a prefeitura, a quem cabe licitar, contratar e fiscalizar a execução da obra.

A construção do novo fórum será contratada através de uma concorrência pública (edital 003/2019), na modalidade menor preço global. Vence a empresa de engenharia que se propor a construir pelo menor valor. As propostas serão abertas no dia 16 de setembro – dois dias depois do aniversário da cidade. As empresas interessadas deverão realizar a visita técnica – para formulação das propostas – até o dia 13 de setembro, junto a Secretaria de Obras do município.

O novo fórum de Sinop será construído no bairro Aquarela das Artes, em uma área doada pela prefeitura ao poder judiciário. O projeto executivo foi contratado pela empresa proprietária do Aquarela das Artes e doado para o Tribunal de Justiça de Mato Grosso. Esse projeto serve de parâmetro para licitação.

O novo Fórum de Sinop terá 12,6 mil metros quadrados de área construída. A estrutura contará com espaço para 18 varas. O projeto prevê a expansão futura para até 36 varas. Atualmente o fórum de Sinop possui 12 varas.

Conforme o projeto a sede do judiciário terá 513 vagas de estacionamento para automóveis. O auditório, onde serão realizadas as audiências do júri, terá capacidade para 127 lugares. A estrutura contará ainda com um espaço de armazenamento de materiais apreendidos, com 400 metros quadrados. A casa do judiciário também terá um restaurante interno, no modelo americano.

Na parte de fora, a tradicional imponência dos prédios do judiciário. As fachadas terão 10 metros de altura. Nada jônico ou dórico. O estilo arquitetônico é moderno, com ângulos retos e muito alumínio. Na frente do fórum, a única extravagância será uma “fonte seca”, com jatos de água, mas sem o espelho.

Para compreender a dimensão dessa obra, a área construída do novo Fórum será maior do que um campo de futebol. A edificação consumirá 15 quilômetros de tubo de esgoto e mais de 260 toneladas de aço apenas na cobertura.

Os R$ 41,6 milhões serão repassados pelo judiciário em duas parcelas: R$ 21 milhões em 2019 e R$ 20 milhões em 2020. Esse valor cobrirá apenas a obra civil. Toda a rede lógica, mobília e demais equipamentos está orçada em aproximadamente R$ 8 milhões. Então, no final, o novo fórum ultrapassará os R$ 50 milhões.

O projeto prevê 18 meses de construção. Caso a licitação seja concluída dentro do curso “normal” e a obra ocorra dentro do cronograma, o novo fórum deve ficar pronto em abril de 2021.

COMENTARIOS