Bom dia, Segunda Feira 27 de Maio de 2019

Geral

Prefeitura vai comprar R$ 2,4 milhões em merenda de cooperativas

Produtores de Sinop vão fornecer leite, frutas e verduras para escolas do município

Sinop | 14 de Maio de 2019 as 14h 54min
Fonte: Jamerson Miléski

Foto: GC Notícias

Uma quantia significativa da merenda escolar das escolas municipais de Sinop será fornecida pelos pequenos produtores locais. A prefeitura de Sinop conseguiu firmar contrato com duas cooperativas agrícolas do município. Juntas, as cooperativas fornecerão 32 produtos para o cardápio da merenda escolar. Ao longo do ano essas cooperativas receberão R$ 2,4 milhões.

A Cooperativa Selene – que surgiu agrupando pequenos produtores de leite do município e viabilizando um laticínio – tem um contrato no valor de R$ 984 mil com a prefeitura. Cabe a Selene fornecer 64 mil litros de bebida láctea (tipo iogurte), nos sabores morango, coco e salada de fruta, 98,4 mil litros de leite pasteurizado (de saquinho) e 5 mil quilos de queijo mussarela. Além dos lácticos, a Selene também vai fornecer 22,5 mil quilos de polpa de fruta congelada, entre abacaxi, acerola e uva.

A segunda fornecedora local da merenda escolar é a Coopernop (Cooperativa Agrícola Mista dos Produtores Rurais de Sinop) – criada em 2009, ano em que a alimentação dos alunos deixou de ser terceirizada. A Coopernop tem um contrato de R$ 1,5 milhão com a prefeitura.

Esta cooperativa vai fornecer para merenda 19,8 mil quilos de tomate, 67 mil quilos de banana nanica, 8 mil quilos de mamão, 41 mil quilos de melancia, 24,5 mil quilos de laranja, 4 mil abacaxis, 1,5 mil quilos de limão, 5 mil quilos de melão, 2,5 mil quilos de banana maçã, 8,9 mil quilos de batata, 6,9 mil quilos de mandioca, 7,9 mil quilos de abobrinha, 8 mil quilos de repolho, 8 mil quilos de pepino, 19,5 mil quilos de cebola, 3 mil quilos de berinjela, 1 mil quilos de chuchu, 43 mil maços de couve, 46 mil maços de alface e 31 mil maços de cheiro verde. Também haverão 3 produtos industrializados: 180 mil “bananas” (um doce de banana em barrinhas de 30g), 3,4 mil potes de doce de goiaba e 70 mil sachês de 10g com mel.

Segundo o presidente da Coopernop, Mauro Dall’Agnol, pelo menos 70% do que a cooperativa vai fornecer para merenda escolar é produzido em Sinop. Atualmente a entidade conta com 15 produtores associados. Para garantir a oferta de produtos, a Coopernop possui parcerias com outros produtores da agricultura familiar, inclusive de fora de Sinop, que fornecem o que ainda não é produzido no município. Ou seja, existe espaço para novos arranjos produtivos para a agricultura familiar de Sinop. “E não é só para merenda. Embora seja um contrato grande, é um grão de areia perto da demanda que existe no comércio em geral de Sinop”, declarou Mauro.

Ambos os contratos tem duração de 12 meses, com o início do fornecimento de alimentos no dia 7 de maio.

COMENTARIOS