Bom dia, Quarta Feira 19 de Dezembro de 2018

Geral

Produtora resiste para sair do Hospital Regional de Sinop com vida

Com as veias do coração entupidas, Rosa espera pela cirurgia antes de um perigoso ataque cardíaco

Entre a vida e a morte | 05 de Abril de 2018 as 00h 18min
Fonte: André Jablonski

Rosa Madalena sobrevive da venda de leite e verduras | Foto: Arquivo da família

Rosa Madalena, aos 59 anos, desde o último sábado (31), luta para colher em vida os frutos de uma idônea trajetória no campo e não terminar morta na sala de sonoterapia do Hospital Regional em Sinop.  Os filhos adultos ao lado do  pai, casado há 35 anos com Rosa, acompanham o drama da produtora, que espera uma cirurgia através do SUS (Sistema Único de Saúde) e voltar ao repouso de casa.

Com dores no coração sentidas desde março, segundo a família,  Rosa deixou a chácara em Marcelândia  para buscar socorro no hospital público em Sinop. O diagnóstico médico não foi animador, a produtora sofre de cardiopatia e o coração com 4 veias entupidas necessita de uma cirurgia.

Sem poder custear a cirurgia de R$ 200 mil, Rosa apelou para o sistema público de saúde e passou a fazer parte da fila de espera de cirurgias de urgência do SUS (Sistema Único de Saúde).  O filho caçula, de 25 anos, encontrou com a reportagem, ontem (03), na porta do hospital.  A simplicidade da vida rural tenta lidar com os processos burocráticos na tentativa de salvar a vida da mãe.

Rosa Madalena não conseguirá deixar o hospital sem antes passar pela cirurgia no coração. Por meio de nota, o Hospital Regional se limitou a dizer que a paciente é acompanhada, conforme orientação médica, e aguarda regulação para encaminhamento a Cuiabá, a 469 km de Sinop, onde deverá ser feito a cirurgia.

COMENTARIOS