Boa tarde, Terça Feira 18 de Dezembro de 2018

Notícias dos Poderes

Baiano, um estranho no ninho

| 17 de Agosto de 2018 as 11h 20min

Baiano Filho não vai tentar a reeleição para deputado estadual. Ele falou sobre isso com o Só Notícias na noite dessa quinta-feira (16). Baiano desiste de disputar a eleição porque a vida pública comprometeu sua vida privada. Ausência do convívio familiar e problemas de saúde gerados pela rotina política foram os argumentos da sua retirada.

Existe uma leitura mais ampla a ser feita sobre o sepultamento político oficializado por Baiano. O deputado lança sobre sua cova a última pá de terra em um último ato de um político que ficou sem chão. Baiano é de onde? Baiano é de quem?

Do PSDB, Baiano não é. Ele já foi no PPS adversário ferrenho do ícone tucano Nilson Leitão. Também já esteve no PMDB, rivalizando com o PSDB. Acabou caindo no ninho tucano em uma manobra de difícil compreensão, mas nunca foi reconhecido como membro do bando. Exemplo disso foi a composição das candidaturas nesse pleito. O PSDB não fez nenhum esforço para que ele fosse o único candidato a deputado estadual por Sinop. Ao contrário, lançou outros dois na cidade que foi a primeira base eleitoral de Baiano. E isso traz a reflexão geográfica. Baiano é de onde?

Ele surgiu para política em Sinop, onde foi vereador, presidente da Câmara, candidato a prefeito e eleito deputado por duas ocasiões. No entanto, as lideranças políticas de Sinop começaram a sentir o distanciamento dele. Baiano se fortaleceu em outra praça e, talvez, tenha achado no Araguaia o acolhimento que Sinop não lhe deu.

Isso faz com que Baiano Filho chegue ao pleito de 2018 não sendo nem do PSDB e nem de Sinop. E isso fica bastante claro quando ele fala do que pretende fazer nessa eleição, já que não será mais candidato a deputado. Baiano deve trabalhar na campanha a governador de Mauro Mendes (DEM), na região do Araguaia. Se o fizer, será um dos “volantes” da campanha de Mendes naquela base eleitoral.

 

COMENTARIOS