Boa noite, Quarta Feira 19 de Junho de 2019

Notícias dos Poderes

Muito couro, pouco decoro

| 08 de Fevereiro de 2019 as 16h 34min

Ah! as redes sociais... sempre elas! Na semana passada, quando os mais diferentes biotipos de deputados federais se apresentavam para tomar posse, uma coleção de fotos mostrou toda diversidade da nossa fauna política. Deputados de chapéu, de farda, de bíblia e um que não usava nada disso no seu antigo ofício. Nesse mural da “vergonha”, uma das mais atacadas era uma distinta dama de vermelho que, na avaliação do internauta médio, levou pouco pano para a posse.
A deputada em questão é Ana Paula Silva, mais conhecida como Paulinha. Surpresa: ela não é deputada federal. Paulinha é deputada estadual, de Santa Catarina. Inclusive, antes de assumir na Assembleia Legislativa, foi prefeita de Bombinhas – aquela cidade onde o pessoal de Mato Grosso adora curtir uma praia. 
A questão é que não importa se você concorda, discorda ou é indiferente ao traje utilizado pela deputada de SC na posse. A questão é que o macacão vermelho, com o generoso decote, custou R$ 900 e a integridade da deputada. Ofendida como mulher e não como política, Paulinha decidiu reaver o prejuízo moral na justiça. “Minha equipe está printando os comentários, documentando e vou entrar com uma ação judicial contra os detratores”, avisou a deputada: “Ser criticada na vida pública é algo normal e esperado. Mas me senti psicologicamente violentada. Um internauta disse que se eu for estuprada não posso reclamar. Uma mulher comentou que eu não poderia falar de Deus, pois Deus não abençoaria uma mulher como eu”, completou.
Bocudos, senhores da razão e reguladores da vida alheia espalhados por todo o Brasil serão, provavelmente, acionados pela Justiça para justificar os desaforos proferidos contra a deputada/mulher, nas redes sociais. A lição? Tome cuidado com o ódio que você externa publicamente. 

COMENTARIOS