Boa noite, Domingo 10 de Dezembro de 2017
Saúde Coluna Social Classificados Sobre o Site Fale Conosco

Paixões, presos e barrigadas 2

GC Notícias | 08/03/2017 10:03

 

O que Adenilson Rocha (PSDB) fez na tribuna nós chamamos pejorativamente no meio jornalístico de “Barrigada”. É quando o emissor da mensagem solta uma informação totalmente enviesada, desconexa do contexto, interpretada pelos demais como um erro crasso.

O mais engraçado é que na segunda parte da sessão, no Grande Expediente, o mesmo vereador abriu seu discurso na tribuna falando das peculiaridades do cérebro humano. Adenilson disse que a mente se acostuma a ver o que é “belo” e passa a ter dificuldade de perceber o que tem errado. A fala foi uma referência aos aliados que Juarez Costa conserva na Câmara, que o tempo todo só enxergam o que a gestão passada fez de bom, ignorando totalmente as falhas.

A régua que Adenilson levou à tribuna, serve bem para medi-lo. Sua “barrigada” foi um claro flagrante da paixão política que tem pelo líder maior do seu partido, o deputado federal e ex-prefeito de Sinop, Nilson Leitão (PSDB). O vereador quis dizer que o presídio é ruim para Sinop, mas no meio do caminho se lembrou que foi o seu “líder” que permitiu a instalação. Nesses casos, o cérebro “que só vê o belo”, deleta a informação de que o Ferrugem foi ruim e segue a exaltação ao cabeça do partido.

O cérebro de um apaixonado sempre perde as faculdades críticas, de razão e racionalidade. Pesa a emoção mesmo. Adenilson é um nome novo da política local, empresário filho da terra, com muito potencial para a vida pública, mas para tal precisa ter identidade própria.