Bom dia, Quinta Feira 22 de Junho de 2017
Saúde Coluna Social Classificados Sobre o Site Fale Conosco

Palpite furado

GC Notícias | 13/02/2017 17:59

A semana começou com uma especulação na Secretaria de Saúde de Sinop. Um site noticioso “pariu” a informação de que o atual gestor da pasta, Manoelito Rodrigues, estaria na berlinda, que a prefeita de Sinop, Rosana Martinelli (PR), teria escolhido o secretário no desespero e que o potencial sucessor seria o “comendador” Mauri Rodrigues de Lima. Palpite mais furado, impossível.

A prefeita chegou a emitir uma nota, através da Assessoria de Comunicação, desmentindo o fato. Atenção desnecessária para um boato tão raso. Rosana completa hoje 44 dias de mandato. A prefeita já demonstrou ao conservar as equipes nas secretarias mais importantes, que não toma decisões em rompantes de emoção ou por pressão política – principalmente da oposição. Cogitar que Rosana retroceria da sua escolha do primeiro escalão de forma tão prematura é uma atitude juvenil ou maldosa. Ainda mais pensando que a cidade concentra esforços em um mutirão diário de combate a dengue.

O segundo ponto bizarro dessa “notinha” foi o eleito como possível sucessor. O título de “comendador” foi empregado por falta de opção mais positiva. O termo correto é ex-secretário de saúde do Estado: aquele que teve a oportunidade de fazer o Hospital Regional funcionar, mas ao invés disso sentou em cima do processo, restringiu a gestão plena da Saúde em Sinop e prometeu operacionalizar o SAMU em todo Estado – e que até hoje inexiste em Sinop. Rosana mostrou critério ao escolher seu secretariado. Pode até ter alguns nomes discutíveis, mas ninguém do novo staff tem histórico de contribuição negativa para Sinop.

Se a Saúde do município não vai bem das pernas agora, imagina com essa mudança.