Bom dia, Terça Feira 07 de Julho de 2020

Notícias dos Poderes

Política com machismo

| 01 de Junho de 2020 as 11h 11min

O vereador Adenilson Rocha (PSDB), sempre teve uma postura de oposição à prefeita de Sinop, Rosana Martinelli (PL). Ao exercitar sua crítica às ações da gestora, o vereador acabou cruzando a linha do bom senso: ao invés de cobrar a prefeita, passou a xingar a pessoa.

Na semana passada, quando tentava defender sua posição contrária ao projeto da Avenida Oscar Niemeyer, Adenilson apelou para a ofensa gratuita. Ele disse: “Colocar o meu nome numa história dessas, sinceramente, é muito. Desculpa usar a palavra. Tem algum sinônimo de burro? Eu não quero usar a palavra que ela é burra, fica ruim falar isso”.

A sensação é de que o vereador se sente confortável em usar um palavreado com a prefeita porque, afinal, é só uma mulher. Adenilson já foi bastante contrariado pelos seus pares na Câmara, mas jamais usou esses termos com seus colegas homens. Parece ser um caso de machismo enraizado, um valor moral pequeno que faz a pessoa olhar para alguém do sexo feminino e, automaticamente diminuí-la.

Há uma semana Adenilson criticou uma reunião que Rosana fez com moradores de um bairro de Sinop. Outros pré-candidatos a prefeito, e até mesmo a vereador, continuam fazendo pequenas reuniões. Mas só Rosana não pode fazer. Adenilson também foi rival político do ex-prefeito, Juarez Costa, mas jamais foi agressivo e desrespeitoso com ele. As falas rudes que vertem fácil da sua boca quando fala de Rosana, não eram utilizadas para cobrar este governador ou o anterior.

Adenilson parece ter um problema com a prefeita Rosana. E esse ranço, é bem mais que uma questão política.