Bom dia, Domingo 20 de Agosto de 2017
Saúde Coluna Social Classificados Sobre o Site Fale Conosco

Política de commodities 2

GC Notícias | 19/05/2015 16:06

Todos os esforços de Blairo Maggi como senador vão de encontro com sua atividade empresarial. Maggi apoia o governo PT desde 2006, tendo como retorno espaço dentro do governo para melhorar a infraestrutura de logística a partir do Estado. Por “logística” leia-se formas para escoar as safras de soja. Desde o ano passado o maior empenho do senador é para tirar do papel um sonho pessoal, convertido em “projeto de desenvolvimento nacional”. Trata-se da efetivação de 4 ferrovias que cortariam o Estado, resolvendo, de uma vez por todas o problema do escoamento de grãos do Mato Grosso. É verdade que a empreita pessoal de Maggi beneficiaria todo o Estado, mesmo que ele fosse o maior beneficiado direto. E também é verdade que o senador tem sido eficiente nessa articulação. Em menos de um ano Maggi transformou o que era parte seu sonho em projeto de viabilidade técnica em fase de conclusão, contratado pelo governo federal. Estamos falando da ferrovia Sinop-Miritituba, no Pará, que em abril de 2014 sequer era um “conceito” e hoje é projeto federal em andamento – o mais célere da história do Brasil no gênero. Maggi é um senador como foi um governador: olhando apenas para um setor e cego para saúde, educação e segurança pública. Mas a lavoura vai bem, obrigado.