Bom dia, Quarta Feira 26 de Setembro de 2018
Saúde Coluna Social Classificados Sobre o Site Fale Conosco

R$ 800,00 por segundo

GC Notícias | 21/06/2018 12:02

Na última sessão da Câmara de Sinop, o vereador Ícaro Severo (PSDB), questionou alguns gastos da prefeitura com publicidade. Na ordinária anterior ele já havia feito um carnaval por conta da licitação para contratação do serviço de carro de som e trio-elétrico pela prefeita Rosana Martinelli (PR). A campanha de Severo contra a mídia segue chamando a atenção para o dinheiro público de Sinop que está ficando na capital do Estado.

O primeiro item citado pelo vereador foi a produção de um VT (vídeo tape), para a campanha do IPTU. O vídeo publicitário de 60 segundos custou ao município R$ 48 mil. Grana que ficou com uma produtora da capital. Esse serviço custou R$ 800,00 por segundo. Para o vereador, que possui parâmetros para avalia (já explicaremos), com R$ 48 mil daria para o município produzir cerca de 10 VT’s desse tipo.

O segundo ponto listado por Ícaro foi uma despesa de R$ 88 mil com publicidade indoor. Sabe quando você vai em uma pizzaria e tem uma logomarca na toalha de mesa ou então passa um vídeo publicitário na TV interna? Isso é publicidade indoor. Em janeiro, fevereiro e março de 2017, a prefeitura gastou com publicidade indoor, em Cuiabá, R$ 88 mil. Ou seja, R$ 1,1 mil por dia. O questionamento do vereador foi, basicamente, porque o município precisa gastar com publicidade indoor em Cuiabá?

Os apontamentos feitos por Ícaro são interessantes e ajudam a perceber que dos R$ 1,7 milhão que a prefeitura gasta com publicidade por ano, boa parte engorda negócios a 500 km de distância de Sinop. Tão curioso quanto, foi a forma como o vereador iniciou seu discurso.

Ícaro abriu a fala dizendo que “investir em publicidade é investir na liberdade de expressão”. Ou seja, ele não classificou os gastos com mídia reles frivolidades, como é comum aos opositores. Isso demonstra coerência, senão política, ao menos familiar. Ícaro cresceu dentro de uma casa que administrou por anos e ainda administra contas publicitárias de órgãos públicos. A agência de publicidade LS – de propriedade do seu pai, Leonildo Severo, um ícone da comunicação local – já foi a agência de comunicação contratada por licitação de órgãos públicos de Sinop, Sorriso, Nova Mutum e possivelmente outros municípios. Por isso Ícaro sabe o quanto custa um VT e sabe também que não pode simplesmente falar que gasto com publicidade pelo poder público é, apenas, bobagem.