Boa noite, Domingo 30 de Abril de 2017
Saúde Coluna Social Classificados Sobre o Site Fale Conosco

Saúde na pressão

GC Notícias | 07/04/2015 17:00

Uma força tarefa foi montada para tentar obrigar o governador de Mato Grosso, Pedro Taques (PDT), a repassar recursos do Estado para Fundação de Saúde Comunitária Sinop (Hospital Santo Antônio). Deputado federal, estadual, diretores da Fundação, advogado figurão, líderes de classe, um padre e até o bispo foram para a reunião com o governador. O esforço é para que o Estado renove o contrato com a Fundação, vencido em abril, e pague outros R$ 10 milhões, a instituição alega ter para receber – ao contrário do que diz o secretário Estadual de saúde. Ao final da reunião, uma das lideranças disse para o governador: “Estou indo embora para Sinop triste”. Taques não titubeou: “Eu lamento que você esteja triste, mas não posso fazer nada”. O governador disse que fará um levantamento para apurar se existem outros restos a pagar. Já o novo contrato ficará dentro do que o Estado “precisa” e não do que a Fundação “quer”. O pulso firme e a seriedade prometidos em campanha ainda acompanham Taques.