Boa tarde, Segunda Feira 25 de Março de 2019

Notícias dos Poderes

Taques no SPC

| 13 de Março de 2019 as 09h 00min

A conhecida habilidade de Pedro Taques (PSDB), não conseguir pagar contas parece ter transcendido a esfera pública. Como governador, penava para dar andamento nos processos de pagamento dos fornecedores. O mesmo cacoete acaba de ser registrado em sua vida “semi-privada”.

A Molera Produção de Filmes LTDA-ME, uma agência de publicidade e propaganda, acionou no início deste mês a Justiça para tentar receber o montante de R$ 60 mil referente a serviços prestados ao ex-governador durante as eleições de 2018. A agência diz que Taques não pagou a conta. Para não levar o calote, a Molera Filmes pediu a penhora do apartamento que o ex-governador declara ser proprietário, no bairro Santa Rosa.

A empresa também pede a inclusão do nome de Taques nos órgãos de proteção ao crédito – SPC e Serasa.

Na ação, a agência afirma que Taques firmou contrato por meio do CNPJ de campanha, para que a empresa prestasse serviços referentes à produção, captação e edição de inserções para TV. O valor era de R$ 120 mil, parcelado em 3 vezes, sendo uma entrada de R$ 60 mil, para o dia 25 de agosto, e outras duas parcelas de R$ 30 mil cada, com previsão para 5 e 25 de setembro.

Porém, já no cumprimento da entrada, o contrato teria sido descumprido, uma vez que o montante de R$ 60 mil foi dividido em dois pagamentos de R$ 30 mil cada, sendo o primeiro no dia 3 de setembro e o segundo em 20 do mesmo mês. Sobre as duas parcelas, no valor de R$ 30 mil cada, segundo a empresa, não houve nenhum pagamento.

COMENTARIOS