Boa tarde, Segunda Feira 23 de Outubro de 2017
Saúde Coluna Social Classificados Sobre o Site Fale Conosco

Corpo de criança que morreu carbonizada é liberado 5 meses depois em MT

GC Notícias | 10/04/2017 15:15
Segundo informações da Polícia Civil, o menino e outras quatro crianças estavam sozinhas em uma casa
(Foto: Divulgação)
Segundo informações da Polícia Civil, o menino e outras quatro crianças estavam sozinhas em uma casa

IML diz que houve falha de comunicação com

Foi liberado na sexta-feira (7), após quase cinco meses de espera da família, o corpo de um menino de três anos, que morreu durante um incêndio no município de Feliz Natal, a 538 km de Cuiabá. A criança morreu carbonizada depois que a casa de madeira, onde ele estava, ter pego fogo em novembro do ano passado.

De acordo com o Instituto Médico Legal (IML) de Cuiabá, para onde os restos mortais da criança foram levados para passar por exame de DNA, o laudo ficou pronto no dia 13 de março, mas houve uma falha de comunicação entre o laboratório que realizou o exame e o IML.

O cortejo e sepultamento do menino ocorreu no último sábado (8), no município de Vera, a 486 km da capital, onde a família mora atualmente. A mãe da criança, Ana Bertial Sobrinho, relatou que nunca conseguiu contato direto com o IML, precisando recorrer sempre ao Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) ou do Fórum do município onde mora para conseguir respostas.

“Foi muito difícil os últimos meses sem ter notícias, sem informação. Eu cobrava da forma que podia, indo ao Cras e ao Fórum. Aí eles respondiam uma hora que não tinha material, depois que não tinha equipe suficiente, mas que iam liberar. É uma angústia a espera e não queremos que isso aconteça com mais ninguém. O que pudermos fazer para impedir isso, vamos fazer”, disse.

Os restos mortais do menino foram confrontados com o material genético coletado da mãe dele.

 

 

Fonte: G1 MT