Boa noite, Quarta Feira 16 de Janeiro de 2019

Polícia

Em MT, 65 eleitores solicitaram inclusão de nome social no título de eleitor

Ao todo, eleitores de 24 municípios solicitaram mudanças no título.

Mato Grosso | 26 de Abril de 2018 as 15h 14min
Fonte: Redação com G1 MT

As amigas Rafaela Alcantânara (esquerda) e Luana Matarazzo (direita) | (Foto: TRE-MT/Divulgação)

Pelo menos 65 eleitores deverão votar com os nomes sociais nas próximas eleições em Mato Grosso. Segundo o Tribunal Regional de Mato Grosso (TRE-MT), com 13 pedidos, Cuiabá foi o município com o maior número de requisições. O nome social é aquele pelo qual transexuais ou travestis são socialmente reconhecidos (as).

Essa é a primeira eleição no Brasil em que transexuais ou travestis poderão ser identificados pelo nome social.

As amigas Luana e Rafaela foram atendidas na quarta-feira (25). As duas são eleitoras de Cuiabá, a 465 km de Sinop. Elas deixaram a Casa da Democracia com o novo título de eleitor na bolsa e um sorriso largo no rosto.

Em Várzea Grande, na região metropolitana, a Justiça Eleitora registrou 10 solicitações. Em terceiro lugar aparece o município de Primavera do Leste, a 239 km da capital com seis eleitoras transexuais atendidas. Sinop não registrou alteração no título de eleitor.

A Justiça Eleitoral também atendeu eleitoras transexuais em Rondonópolis (5), Lucas do Rio Verde (4), Cáceres e Tangará da Serra, ambos com três atendimentos.

Ao todo, foram atendidas eleitoras transexuais, para inclusão do nome social no título de eleitor, em 24 municípios.

O prazo para a inclusão do nome social se encerra no dia 9 de maio.

Para solicitar a inclusão do nome social basta apresentar um documento de identificação com foto no ato da solicitação. Não é necessário ter autorização judicial. O eleitor deve apenas preencher uma autodeclaração.

 

COMENTARIOS