Bom dia, Sexta Feira 24 de Novembro de 2017
Saúde Coluna Social Classificados Sobre o Site Fale Conosco

Família pede justiça após operário ser espancado em Sinop

GC Notícias | 14/11/2017 14:55
Irmã do operário busca resposta do crime
Reprodução TV Capital
Irmã do operário busca resposta do crime

Homem foi acusado de molestar uma criança

O operário, de 44 anos, espancando há 7 dias, na Rua das Sapucaias, no bairro Jardim Violetas continua internado em estado grave na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) do Hospital Regional.  O homem sofreu chutes na cabeça, após ser acusado de assediar uma criança, no entanto, a família da suposta vítima não foi identificada pela polícia.

De acordo com o boletim de ocorrências, na noite da ultima quarta-feira (08), o homem foi encontrado inconsciente com ferimentos na cabeça.  Anônimos acusaram o operário de mostrar os órgãos genitais para uma criança.  Consta no documento policial que enquanto a viatura permaneceu no local, nenhuma vítima se apresentou.

A Polícia Militar não conduziu suspeitos do espancamento para Delegacia de Polícia Civil.

Nesta terça-feira (14), em contato com a família, o GC Notícias descobriu que o homem é morador de Nova Canaã do Norte, a 204 km de Sinop, e procurava comprar um veículo em Sinop.  A esposa suspeita que o marido foi vítima de uma emboscada e apanhou por não estar com o dinheiro em mãos da suposta compra.

A irmã do operário conta que o irmão planejava comprar o veículo há meses e nunca teve passagem na polícia “ Ele veio comprar um carro pra andar com a família, ele até precisou vir de carona, isso é absurdo, ele nunca teve envolvimento na polícia”.

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil é a responsável pela investigação. 

Fonte: André Jablonski