Bom dia, Quarta Feira 23 de Maio de 2018
Saúde Coluna Social Classificados Sobre o Site Fale Conosco

Funcionária foi cúmplice do roubo de iPhones em Sinop, diz polícia

GC Notícias | 09/05/2018 18:00
Acusada do crime
Reprodução circuito de segurança
Acusada do crime

Funcionária aparece colocando os aparelhos em uma mochila entregue pelo ladrão

A funcionária da loja de iPhones roubada na manhã de ontem (08), na Avenida Julio Campos, foi presa pela Polícia Civil acusada de participar do crime. De acordo com a DERF (Delegacia Especializada em Roubos e Furtos), a estudante de direito, de 22 anos, tinha a pretensão de desbloquear os aparelhos com ajuda do irmão dela, de 30 anos, que também foi preso.

A prisão da funcionária aconteceu depois da polícia prender o autor do roubo, horas depois do crime.  Ele entrou na loja armado e entregou uma mochila para a cúmplice colocar os aparelhos, enquanto apontava a arma para os colegas da jovem.

Os smartphones e tablets, avaliados em R$ 200 mil, não foram encontrados com os acusados. Eles contaram a polícia que repassaram os aparelhos para criminosos.

A investigação da polícia prossegue na tentativa de prender os receptadores.

Fonte: André Jablonski