Boa tarde, Segunda Feira 16 de Julho de 2018
Saúde Coluna Social Classificados Sobre o Site Fale Conosco

Maquiadora que mandou matar o marido e amante deve responder o crime em liberdade

GC Notícias | 26/03/2018 09:47
Suspeita dos crimes
Foto: Reprodução Facebook
Suspeita dos crimes

Cleia teria oferecido um veículo, avaliado em R$ 30 mil, para dois vigilantes matar o marido

A Justiça decidiu, através de uma audiência de custódia, que Cléia Rosa dos Santos, de 34 anos, pague fiança, no valor de R$ 25 mil, para responder em liberdade o crime de ocultação de cadáver.  A maquiadora é acusada mandar matar o amante, Adriano Gino, de 29 anos, e esconder o corpo em uma região de mata, na estrada Alzira, próximo ao lixão municipal desativado.

Segundo a polícia,  a acusada dopou a vítima e abriu a porta  da casa para  dois vigilantes o matarem com golpes de enxada.  Adriano dos Santos, de 20 anos, recebeu a mesma sentença de Cleia. O comparsa, José Graciliano, de 30 anos, assumiu a autoria dos golpes e não terá direito a fiança.

OS vigilantes estão presos no presídio Osvaldo Florentino Leite (Ferrugem), enquanto a maquiadora foi levada para a cadeia feminina em Colider, a 157 km de Sinop.

Cleia ainda é acusada de mandar o amante matar o marido, no dia 14 de outubro de 2016. Ela contou para a polícia que Jandirlei Alves Bueno, de 39 anos, reagiu a um suposto assalto.

Mesmo que pague a fiança, ela permanecerá presa devido a prisão temporária de 30 dias a pedido da Polícia Civil. A acusada ainda aguarda o julgamento dos outros crimes.

Fonte: André Jablonski