Bom dia, Segunda Feira 19 de Novembro de 2018
Saúde Coluna Social Classificados Sobre o Site Fale Conosco

Marido preso por espancar a mulher e deixá-la ferida na porta da casa de família sorri para foto em delegacia em MT

GC Notícias | 14/09/2018 10:32
Suspeito do crime
Foto: Polícia Civil de Mato Grosso/Assessoria
Suspeito do crime

Vítima foi agredida com socos e coronhadas e está internada no hospital

Um homem foi preso suspeito de espancar a mulher dele foi preso nessa quinta-feira (13) em Sorriso, a 85 km de Sinop.

De acordo com a Polícia Civil, Marcelo Felipe Morelo, de 32 anos, teve a prisão preventiva decretada pela 2ª Vara Criminal de Sorriso. Na delegacia, ao ser fotografado para o procedimento da prisão, ele sorriu.

A vítima, de 33 anos, está internada em um hospital após ser espancada pelo marido.

A polícia não informou se ele confessou ou negou o crime. A reportagem não localizou o advogado do suspeito, que vai responder criminalmente por violência doméstica e porte ilegal de arma.

A equipe de investigadores,, acompanhada por um oficial de justiça, flagrou Marcelo com uma pistola no bolso da calça dele. A arma, do tipo pistola Beretta, estava carregada com 6 munições.

Além do cumprimento do mandado de prisão, Marcelo foi autuado também em flagrante no crime de porte ilegal de arma de fogo.

Agressão

Em razão da mulher estar hospitalizada pelos ferimentos provocados por Marcelo, a família da vítima denunciou o caso na delegacia.

A família relatou que na última terça-feira o suspeito a deixou na porta de casa alguns parentes depois de tê-la agredido fisicamente e ameaçada de morte.

A polícia diz que Marcelo é usuário de drogas e, após passar dias fazendo uso de entorpecentes, teria acordado agressivo, passando a agredir a vítima com socos por todo o corpo e coronhadas. Ele ainda ameaçou a vítima de morte com uma pistola.

O casal tem um filho de 11 anos mora no bairro Jardim Europa. Conforme a polícia, o suspeito será encaminhado nesta sexta-feira (14) à Penitenciária Osvaldo Florentino Leite Ferreira.

Fonte: G1 MT