Boa tarde, Segunda Feira 22 de Abril de 2019

Polícia

MT teve em média 2,5 assassinatos por dia em 2018

O número é 7% menor do que no mesmo período de 2017, quando foram registrados 985 casos

| 08 de Fevereiro de 2019 as 08h 24min
Fonte: G1

Entre os meses de janeiro e dezembro de 2018 foram registrados 916 homicídios em Mato Grosso, conforme informações da Coordenadoria de Estatísticas e Análise Criminal, da Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp).

O número é 7% menor do que no mesmo período de 2017, quando foram registrados 985 casos. Já em 2016, Mato Grosso registrou 1.086 homicídios.

Os casos de roubo, quando há violência ou ameaça, também tiveram redução. Foram registrados 18.732 mil roubos entre janeiro e dezembro do ano passado contra 21.473 em 2017.

Conforme a Sesp, também houve redução no número de furtos, quando não há violência ou ameaça. Em 2018, foram 49.482 casos no ano passado e 54.102 mil registros em 2017.

O novo secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante dos Santos, enfatizou que as reduções são reflexos do fortalecimento das atividades policiais no Estado.

Já o delegado-geral da Polícia Judiciária Civil (PJC), Mário Dermeval Aravechia de Resende, disse que as reduções foram expressivas e que o objetivo é continuar trabalhando no enfrentamento à criminalidade com investigações efetivas na capital e no interior.

Para o enfrentamento à criminalidade, o comandante-geral da Polícia Militar, coronel PM Jonildo José de Assis, disse que é essencial a manutenção do reforço do policiamento nas ruas.

São unidades das forças de segurança do Estado: Polícia Militar (PM), Polícia Judiciária Civil (PJC), Corpo de Bombeiros Militar (CBM), Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

Casos

Um dos casos que mais chamou atenção foi a morte da estudante Giovana Sinopoli, de 16 anos, assassinada a facadas supostamente pelo namorado também de 16 anos.

De acordo com a polícia, Giovana e o namorado estavam sozinhos em uma casa, no Bairro Jardim das Orquídeas. A residência é da família de Giovana.

COMENTARIOS