Bom dia, Quinta Feira 13 de Dezembro de 2018

Polícia

Professor é condenado pelo crime de pedofilia em Sinop

Professor foi flagrado dando carona a um menino após articular um encontro pelo celular

Justiça | 27 de Março de 2018 as 09h 32min
Fonte: Redação

Réu sentenciado | Foto: Reprodução Facebook

O ex-professor do PIBID (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência), e estudante de Letras, flagrado em um encontro com um garoto de 12 anos, em agosto do ano passado, foi condenado pela Justiça a 17 anos e quatro meses de prisão. A decisão foi proferida pela juíza da 2º Vara Criminal, Debora Pain, que sentenciou o réu pelos crimes de estupro de vulnerável, assédio sexual contra um menino de 14 anos, e por entregar a direção de um veículo a um adolescente.

A prisão de Siderley Walter Aguiar aconteceu após a família de um menino, de 12 anos, descobrir as conversas trocadas com professor pelo celular.  O homem chegou a enviar fotos nuas para o garoto.  Um encontro foi articulado com a Polícia Civil, que flagrou o crime.

A polícia ainda apreendeu computadores com pornografia infantil na casa do sentenciado.  Outras quatro vítimas, entre 11 a 13 anos, denunciaram o ex-professor. Ele poderá recorrer da decisão.

COMENTARIOS