Boa noite, Domingo 21 de Outubro de 2018
Saúde Coluna Social Classificados Sobre o Site Fale Conosco

Sargento da PM é baleado pela mulher em MT após não deixá-la ver mensagens do celular dele

GC Notícias | 31/07/2018 09:18
A arma do policial, uma pistola ponto 40, foi apreendida
(Foto: Lorena Segala/TV Centro América)
A arma do policial, uma pistola ponto 40, foi apreendida

O casal começou a discutir e Ozélia atirou no peito do marido

Um sargento da Polícia Militar foi baleado na madrugada desta terça-feira (31) pela mulher dele, em Rondonópolis, a 691 km de Sinop.

Marcelo Gonçalves da Silva, de 43 anos, não teria deixado a mulher, Ozélia Francisca Amaral, de 40 anos, olhar as mensagens do celular dele. O casal começou a discutir e Ozélia atirou no peito do marido.

A reportagem procurou a assessoria da PM para falar sobre o caso, mas não teve retorno. O advogado da suspeita não foi localizado.

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, a situação ocorreu às 1h30 na casa do casal.

A própria mulher ligou para a polícia e socorreu o marido.

Ela contou aos policiais que estava no quarto, com o sargento, e que eles discutiram por um motivo fútil. Ozélia relatou que ela queria olhar as mensagens do celular do marido, mas ele não queria deixar.

Depois de insistir, Marcelo se queixou e afirmou que não aguentava mais a situação e disse que sairia de casa.

Nessa discussão, Ozélia subiu na cama – onde o filho dela dormia – pegou a pistola do marido que estava em cima do guarda-roupa e fez disparos contra o sargento.

Marcelo estava deitado na cama quando foi baleado pela mulher. A criança, de 4 anos, saiu correndo do quarto ao se assustar com os disparos.

Ozélia socorreu o marido e o levou até a base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. De lá, o sargento foi levado ao Hospital Regional de Rondonópolis.

Conforme a PM, a bala ficou alojada no peito do policial. Ele passa por um procedimento cirúrgico no hospital durante a manhã.

Ozélia foi detida e encaminhada para a delegacia de Rondonópolis. A arma do policial, uma pistola ponto 40, foi apreendida.

Fonte: G1 MT