Boa tarde, Domingo 19 de Agosto de 2018
Saúde Coluna Social Classificados Sobre o Site Fale Conosco

Aos 27 anos, professora mestre em letras tenta concorrer a vaga na assembléia em MT

GC Notícias | 03/08/2018 17:31
Lyssa Gonçalves - pré-candidata a deputada estadual
Foto: Jairo Rodrigues - TV Capital
Lyssa Gonçalves - pré-candidata a deputada estadual

Candidata pela primeira vez, Lyssa Gonçalves tenta uma vaga na Assembléia Legislativa de MT

Aos 27 anos de idade, Lyssa Gonçalves Costa, professora com mestrado nas línguas portuguesa e inglesa, busca ocupar uma vaga no PSB (Partido Socialista Brasileiro) para disputar o cargo de deputada estadual em Mato Grosso. A convenção que deve confirmar sua candidatura ocorrerá amanhã (04) em Cuiabá.

Mesmo com a pouca idade, Lyssa ocupa o cargo de presidente no APLIEMT (Associação de Professores de Língua Inglesa do Estado de Mato Grosso) e influenciou no método de aplicação do ensino da língua inglesa nas escolas do estado, através de um encontro em Brasília, promovido pelo Ministério da Educação.

A pré-candidata, em entrevista ao GC Notícias, apresentou suas propostas para conquistar o voto do eleitor. Lyssa defende maior representatividade da mulher na política brasileira e a redução do custo financeiro da assembléia legislativa. “Eu fico angustiada com o custo da assembléia legislativa, um deputado estadual de Mato Grosso custa R$ 160 mil por mês, um valor elevado quando existem áreas sociais que sofrem com a falta de dinheiro”.  

Professora desde os 17 anos, Lyssa defende o envolvimento da Polícia Militar dentro das escolas para reduzir os índices de violência. “Ter a polícia dentro dessas escolas quebra estereótipos, garante a segurança dos professores e melhora a interação dos alunos com a instituição”.

Lyssa Gonçalves conta que percorreu mais de 15 cidades, apresentado propostas de renovação e coletivismo na política, conseguindo reunir grupos de mulheres, professores e jovens.  “Estou iniciando minha carreira política com o anseio da necessidade de um novo nome que não esteja ligado a grupos antigos”, declarou a pré-candidata.

Fonte: André Jablonski