Boa tarde, Terça Feira 12 de Dezembro de 2017
Saúde Coluna Social Classificados Sobre o Site Fale Conosco

Conselho de Ética e Decoro da câmara pede cassação de vereador em Sinop

GC Notícias | 22/06/2017 15:49
Vereador Fernando Brandão nega a acusação
Arquivo GC Notícias
Vereador Fernando Brandão nega a acusação

Vereador é acusado oferecer cargo público em troca de parte do salário

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara Municipal de Sinop pediu a cassação do mandato do vereador Fernando Brandão (PR), por considerá-lo culpado das acusações de cobrança parcial do salário de ex-servidores do legislativo.

O relatório emitido pelo conselho foi concluído no dia 12 deste mês e entregue somente hoje para a mesa diretora da câmara.  O relator Dilmair Callegaro (PSDB) entendeu que a denúncia feita pela ex-ouvidora do Poder Legislativo é verdadeira. A mulher afirma que repassou por seis meses o valor de R$ 1,8 mil ao vereador, como “agradecimento” do cargo ocupado, cujo salário é de RS 4,6 mil. O relator anexou no documento, copias da conversa entre Brandão e ela, que evidenciam o crime.

O presidente da Câmara, Ademir Bortolli (PMDB), deve colocar na próxima semana em votação o relatório. Para ter o mandato preservado, Brandão precisa que dez dos quinze vereadores votem contra a decisão do conselho. 

Fonte: André Jablonski