Bom dia, Sábado 27 de Maio de 2017
Saúde Coluna Social Classificados Sobre o Site Fale Conosco

Lula ganha título de Cidadão Mato-grossense

GC Notícias | 17/04/2017 11:58

Deputado conferiu ao ex-presidente um dos maiores reconhecimentos do Estado

 

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa de Mato Grosso aprovou o título de Cidadão Mato-grossense ao ex-presidente da república Luiz Inácio Lula da Silva. O projeto é de autoria do deputado estadual Valdir Mendes Barranco (PT). Os deputados já aprovaram em primeira votação na véspera do feriado da Páscoa (13) a entrega do título a Lula.

Na justificativa, o deputado relata os serviços sociais realizados pelo ex-presidente e também explica que Mato Grosso se beneficiou das obras de Lula. “Seus governos são marcados principalmente pela implementação bem sucedida de programas de distribuição de renda, como bolsa família, e de acesso dos mais pobres a linhas de créditos, salários mais altos, geração de empregos e melhor qualidade de vida em educação, moradia, infra-estrutura  e saneamento e outro dos quais o Estado de Mato Grosso foi e está sendo incalculavelmente beneficiado”, diz trecho da justificativa.

O deputado Valdir Barranco ainda cita sobre o desenvolvimento e avanço social que Mato Grosso apreciou enquanto Lula era presidente e pede apoio dos parlamentares para a aprovação.

“Portanto, pelos motivos sinteticamente apresentados, por sua competência e pelos relevantes serviços prestados à sociedade brasileira, o desenvolvimento e avanço social que mato-grossenses apreciaram, proponho a concessão do Título de Cidadão Mato-Grossense ao Senhor LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA, que indiscutivelmente merece todas as honras e respeito. Para tanto apresento a proposição legislativa e peço apoio dos nobres pares pela sua merecida aprovação”, finalizando a justificativa.

O presidente da CCJ, deputado Pedro Satélite (PSD), falou do projeto e da aprovação. “Haja vista que o título de Cidadão Mato-grossense a pessoa recebe respeitando alguns critérios, entre eles não ter nascido no estado e ter prestado relevantes serviços ao estado de Mato Grosso. A deputada Janaina Riva (PMDB), apresentou o relatório, no qual esse título também foi aprovado”, disse o deputado.

Fonte: Redação