Boa tarde, Domingo 19 de Agosto de 2018
Saúde Coluna Social Classificados Sobre o Site Fale Conosco

Mato Grosso terá 5 candidatos a governador

GC Notícias | 06/08/2018 10:59

Wellington Fagundes confirma candidatura, aumentando as opções na disputa

As convenções partidárias encerram nesse domingo (5), confirmando as posições dos partidos e afastando as especulações. Na contramão do esperado, o senador Wellington Fagundes (PR), confirmou sua candidatura ao governo do Estado. Com isso, serão 5 na disputa pelo palácio Paiaguás.

As opções para os eleitores são: o atual governador, Pedro Taques (PSDB), o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (DEM), Wellington Fagundes (PR), Moisés Franz (PSOL) e Arthur Nogueira (Rede).

Na última eleição estadual, em 2014, Pedro Taques deixou o cargo de senador para concorrer ao pleito, vencendo ainda no primeiro turno.

 

Quem é quem?

Arthur Nogueira (Rede Sustentabilidade)

Ex-superintendente da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Arthur Nogueira, passou 4 anos no cargo e está licenciado do serviço público para disputar a eleição.

 

Mauro Mendes (DEM)

Essa é a segunda vez que disputa o cargo. O vice da chapa encabeçada por Mauro Mendes é o produtor rural Otaviano Pivetta (PDT), ex-prefeito de Lucas do Rio Verde. Mauro Mendes nasceu em Anápolis (GO) tem 54 anos e três filhos. Ele atua como empresário do ramo de metalurgia em Cuiabá.

Em 2008, o empresário disputou as eleições para prefeito de Cuiabá e não conseguiu ser eleito. Em 2010, Mauro Mendes também disputou a eleição para o governo e perdeu novamente a disputa.

Já em 2012, foi eleito prefeito de Cuiabá. Ao fim do primeiro mandato, ele não disputou a reeleição e justificou que se dedicaria aos negócios dele. Entre 2014 e 2015, quatro empresas suas entraram em processo de recuperação judicial.

 

Moisés Franz (PSOL)

O PSOL vem com chapa pura para o governo. Moisés Franz terá como vice o enfermeiro Vanderley da Guia. Na convenção, a chapa também definiu dois candidatos ao senado: Procurador Mauro e Gilberto Lopes Filho.

 

Pedro Taques (PSDB)

Candidato à reeleição, Taques anunciou o nome de Rui Prado, também do PSDB, como vice. Ao Senado o partido lançou o deputado federal Nilson Leitão. A coligação tem o PSDB, PSL, PPS, PRP, Avante, DC, Solidariedade, Patriotas, PRPB e PSB.

Taques já é conhecido do eleitorado. Começou sua carreira política como senador em 2010, se elegeu para governador em 2014, no primeiro turno.

 

Wellington Fagundes (PR)

Senador por Mato Grosso eleito em 2014, Fagundes terá como vice Sirlei Theis (PV). Na convenção, a chapa também definiu Adilton Sachetti (PRB) e Maria Lúcia (PC do B) como candidatos ao senado.

Natural de Rondonópolis, Fagundes, é médico veterinário formado e pecuarista. Entrou para política em 1991, como deputado federal, cargo que ocupou até 2015, quando assumiu o Senado.

A coligação tem PMN, PROS, PR, PC do B, Podemos, PP, PT, PV, PRB e PTB.

Fonte: Jamerson Miléski