Bom dia, Domingo 15 de Setembro de 2019

Política

Mato Grosso cogita abrir um escritório na China

Assunto está sendo debatido pelos deputados estaduais

Negócios | 29 de Agosto de 2019 as 09h 49min
Fonte: Lais Costa Marques - Secretaria de Comunicação Social

Foto: Assessoria

 A Comissão de Indústria, Comércio e Turismo da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) realiza hoje, quinta-feira (29), às 16h, uma reunião extraordinária para discutir a criação de um escritório de negócios de Mato Grosso na China. A proposta, de iniciativa do deputado estadual Carlos Avallone (PSDB), tem por finalidade ampliar a relação comercial entre o Estado os países asiáticos.

O presidente da Comissão, deputado Xuxu Dal Molin (PSC), destaca que a China é atualmente um dos principais parceiros comerciais de Mato Grosso e que essa relação pode ser intensificada com uma representação efetiva do Estado. De acordo com o deputado, não somente a China, mas também os Emirados Árabes e outros países asiáticos terão acesso facilitado à produção agroindustrial de Mato Grosso.

A reunião será realizada com o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, César Miranda, e com o diretor de prospecção e projeto da empresa Desenvolve MT, José Alexandre Gebara Júnior, além dos deputados membros da Comissão, Xuxu Dal Molin, Dilmar Dal Bosco (DEM), Dr. Gimenez (PV), Carlos Avallone (PSDB) e Valmir Moretto (PRB).

 

Reunião Ordinária

Durante reunião realizada na tarde dessa quarta-feira (28), os deputados Xuxu Dal Molin, Dilmar Dal Bosco e Carlos Avallone determinaram a confecção de um documento solicitando a participação de representantes da Assembleia nos trabalhos de regulamentação da Lei Complementar 631/2019. A Lei, aprovada recentemente pelos deputados, dispõe sobre a remissão e anistia de créditos tributários.

De acordo com o deputado Dilmar Dal Bosco, é extremamente importante a participação dos deputados enquanto representantes dos setores econômicos envolvidos na minirreforma tributária do estado.

COMENTARIOS