Boa noite, Sexta Feira 28 de Fevereiro de 2020

Rural

Boletim semanal do agro negócio Cereali 14-02-2020

Agrícola | 14 de Fevereiro de 2020 as 16h 11min
Fonte: Wilson Marques de Araújo

Continuamos em ritmo acelerado de colheita da soja, onde já passamos dos 70% de área colhida  na região de Sinop, apesar das adversidades do clima trazendo de forma acumulada as chuvas que faltaram na época do plantio estão sendo despejadas nestes momento de colheita, mas os produtores de um modo geral possuem estrutura, maquinário e tecnologia para aproveitarem toda e qualquer oportunidade de colheita que o clima assim permitir, podemos pontuar que até o momento estamos tendo um resultado satisfatório no quesito média por hectare, onde em muitas propriedades tem conseguido atingir médias de até 72/sc por hectare dando assim a oportunidade de uma média final de colheita dentro de números favoráveis aos anseios, expectativa e potencial de produtividade.

Através de dados divulgado pelo IMEA podemos observar que a safra atual 19/20 já se encontra com praticamente 75% comercializado e a safra futura 20/21 neste momento já apresenta praticamente 14% comprometida com contratos de garantia de preços futuro, aproveitando o momento em que a moeda americana se encontra fortalecida perante o real proporcionando preços interessantes para cada saca de soja em reais.

O mercado de commodities ainda sente os reflexos do Corona Vírus e Gripe Aviária, mais ao contrario do que algumas mídias tentavam inserir na mente do agricultor que estas epidemias seriam jogadas comerciais por parte da China para derrubar o  mercado, nós no quadro Café com Cereali, já pontuávamos e mostramos que na realidade todo estes transtornos causados por estas doenças estavam sim valorizando a precificação da maioria dos complexos na CBOT (Chicago Board of Trading).

O Brasil já é referência em volume e qualidade de exportação em muitos produtos, principalmente na cadeia produtiva de alimentos e pluma, tendo condições de atender as demandas globais de soja, milho, boi, aves, suínos, algodão entre outros produtos de forma competitiva com demais concorrentes. Acreditamos que estamos no caminho certo o campo cada dia mais qualificado e com prometido com a sustentabilidade e através de pesquisas aliadas a tecnologia sempre na busca de maior produtividade sem a necessidade de desmatamento desordenado.

Encerramos a semana com um cenário otimista para as variáveis do momento: colheita da soja, plantio do milho, comercialização safra presente, comercialização safra futura, o produtor rural deve se manter atendo as oportunidades de picos de mercado para realizar suas operações de forma a garantir uma boa media no valor da comercialização ao decorrer do ano.