Bom dia, Sexta Feira 24 de Novembro de 2017
Saúde Coluna Social Classificados Sobre o Site Fale Conosco

IBGE inicia pesquisas para Censo Agro 2017

GC Notícias | 24/10/2017 08:51

Levantamento irá reunir estatísticas do campo

Começa neste mês de outubro a coleta de dados do Censo Agropecuário, Florestal e Aquícola 2017 realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que vai percorrer estabelecimentos agropecuários em todo o território nacional para conhecer de perto as características e a produção.

Pelo fato de Mato Grosso possuir dimensões territoriais bastante extensas e ter vocação consolidada no segmento agrícola, o Governo do Estado, por meio de suas secretarias, como a de Desenvolvimento Econômico (Sedec) e da Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários (Seaf), se mobiliza para apoiar a iniciativa no Estado.

O objetivo do Censo é mostrar a realidade da produção agropecuária brasileira, algo que não é amplamente realizado há 11 anos, quando ocorreu a última edição da pesquisa. O IBGE realiza outros levantamentos, como a Produção da Pecuária Municipal, a Produção Agrícola Municipal e as Trimestrais da Agropecuária: o Censo, no entanto, é a única que recolhe dados de todos os estabelecimentos produtores, além de servir como subsídio para as outras. Por isso, tem a abrangência de um retrato do campo brasileiro.

O Censo Agropecuário fará a coleta dos dados até fevereiro de 2018, adotando-se como referência o período de 1º de outubro de 2016 a 30 de setembro de 2017, ao qual deverão estar relacionados os dados sobre a propriedade, produção, área, pessoal ocupado, etc. A data de referência adotada para a pesquisa é 30 de setembro de 2017, a qual estarão referidas as informações sobre estoques, efetivos da pecuária, da lavoura permanente e da silvicultura, entre outras totalizações.

Os resultados do Censo Agro constituem-se em fonte única de informações fundamentais para a formulação e avaliação de políticas públicas, para estudos acadêmicos, desenvolvimento de projetos de instituições de pesquisa e para decisões quanto a investimentos públicos e privados. Propiciam também análises comparativas de indicadores agropecuários e ambientais de organismos nacionais e internacionais, como é o caso dos indicadores para monitoramento dos objetivos de desenvolvimento sustentável.

O Censo Agropecuário é essencial para: o dimensionamento de áreas cultiváveis, dos níveis de produção de alimentos e da criação animal; a sinalização da utilização e aplicação dos implementos e instrumental agrícola; a quantificação de trabalhadores rurais e sua estratificação em idade, gênero, escolaridade, etc.; e a classificação dos padrões de obtenção e ocupação do território nacional em atividades agropecuárias.

Fonte: Redação