Boa tarde, Quinta Feira 17 de Agosto de 2017
Saúde Coluna Social Classificados Sobre o Site Fale Conosco

Safra 2016/2017 deverá ser de rentabilidade estável e requer planejamento

GC Notícias | 16/09/2016 11:31
Foto: Assessoria

Com o fim do período do vazio sanitário nesta quinta-feira (15.09) os produtores rurais de Mato Grosso já se preparam para a semeadura da safra 2016/2017. Neste ciclo a estimativa do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) é de que a produção alcance cerca de 29,3 milhões de toneladas do grão em Mato Grosso. Para auxiliar os produtores rurais mato-grossenses no início de mais um plantio, o programa Soja Brasil está percorrendo o Estado levando informações sobre planejamento da safra. Na quarta-feira (14.09) a Caravana do Soja Brasil passou por Campo Novo do Parecis.

Segundo o palestrante da Caravana, Hyberville Paulo D´Athaide Neto, esta safra inicia com algumas incertezas que precisam ser levadas em consideração pelo produtor na hora de planejar a safra.

"Nós temos algumas incertezas para esta safra. Os Estados Unidos vai colher uma safra recorde, a última revisão fala em 114 milhões de toneladas e isso tem pressionado o mercado como um todo. Outra dúvida fica a cargo do dólar, que por um lado tem a expectativa de se manter estável até o fechamento do ano, próximo dos R$ 3,30 mas isso tem sido revisado dia após dia".

Ainda segundo o especialista, em linhas gerais a safra 2016/2017 deverá ser de rentabilidade mais modesta que nos últimos anos e preços de comercializações abaixo dos observados anteriormente. "O produtor precisa estar bastante atento e planejar bem, desde a compra dos insumos até a comercialização da produção".

Produtora rural em Campo Novo do Parecis e também presidente do Sindicato Rural do município, Giovana Velke, comenta que os produtores rurais da região estão bastante cautelosos nesta safra. "Além da instabilidade do clima, já que passamos por uma seca na última safra, há também que se preocupar com o mercado que a cada dia muda".

 

Programa

O Soja Brasil é considerada a maior expedição por lavouras de soja já realizada no Brasil.  Assim que o plantio da oleaginosa começa, as equipes do SENAR-MT, Canal Rural e parceiros colocam o pé na estrada para acompanhar todos os detalhes desde a preparação do solo até o último grão colhido.

 

A "Carrega Brasil", a carreta do programa, iniciou sua rota por Campos de Júlio e segue para mais 16 municípios do Estado até o dia 07 de outubro. No total serão mais de cinco mil quilômetros rodados pela Caravana.

 

Esta edição do Soja Brasil é um pouco diferente das outras edições, que normalmente aconteciam em duas etapas, sendo a primeira em outubro e a segunda em janeiro do ano seguinte. Neste ano o programa será realizado nos meses de setembro e outubro.

 

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO

1º SEMANA

Diamantino

15 de setembro

19:00 - Gestão de índices, custos e resultados - Palestrante Hyberville Paulo D'Athaide Neto

20:00 - A sucessão nas empresas rurais familiares - Palestrante Hugo Monteiro da Cunha 

16 de setembro

07:30 - Implantação de indicadores de desempenho no controle do sistema de produção - Instrutor Carlos Guerreiro

10:00 - Apresentação software Referência (APROSOJA)

 

Tapurah

16 de setembro

19:00 - Gestão de índices, custos e resultados - Palestrante Hyberville Paulo D'Athaide Neto

20:00 - A sucessão nas empresas rurais familiares - Palestrante Hugo Monteiro da Cunha e Eduardo Leon

17 de setembro

07:30 - Implantação de indicadores de desempenho no controle do sistema de produção - Instrutor Carlos Guerreiro

10:00 - Apresentação software Referência (APROSOJA)

 

2º SEMANA

Ipiranga do Norte

19 de setembro

19:00 - Gestão de índices, custos e resultados - Palestrante Rafael Ribeiro de Lima filho

20:00 - A sucessão nas empresas rurais familiares - Palestrante Eduardo Leon

20 de setembro

07:30 - Implantação de indicadores de desempenho no controle do sistema de produção - Instrutor Carlos Guerreiro

10:00 - Apresentação software Referência (APROSOJA)

 

Sinop

21 de setembro

Gestão de índices, custos e resultados - Palestrante Rafael Ribeiro de Lima filho

 

Nova Mutum

22 de setembro

19:00 - Gestão de índices, custos e resultados - Palestrante Rafael Ribeiro de Lima filho

20:00 - A sucessão nas empresas rurais familiares - Palestrante Eduardo Leon

23 de setembro

07:30 - Implantação de indicadores de desempenho no controle do sistema de produção - Instrutor Carlos Guerreiro

10:00 – Apresentação software Referência (APROSOJA)

 

3º SEMANA

Querência

26 de setembro

19:00 - Gestão de índices, custos e resultados - Palestrante Alex Lopes da Silva

20:00 - A sucessão nas empresas rurais familiares - Palestrantes Felipe Leal/Charles Daneberg

27 de setembro

07:30 - Implantação de indicadores de desempenho no controle do sistema de produção - Instrutor Carlos Guerreiro

10:00 - Apresentação software Referência (APROSOJA)

 

Gaúcha do Norte

27 de setembro

19:00 - Gestão de índices, custos e resultados - Palestrante Alex Lopes da Silva

20:00 - A sucessão nas empresas rurais familiares - Palestrantes Felipe Leal/Charles Daneberg

28 de setembro

07:30 - Implantação de indicadores de desempenho no controle do sistema de produção - Instrutor Carlos Guerreiro

10:00 - Apresentação software Referência (APROSOJA)

 

Canarana

28 de setembro

19:00 - Gestão de índices, custos e resultados - Palestrante Alex Lopes da Silva

20:00 - A sucessão nas empresas rurais familiares - Palestrantes Felipe Leal/Charles Daneberg

29 de setembro

07:30 - Implantação de indicadores de desempenho no controle do sistema de produção - Instrutor Carlos Guerreiro

10:00 - Apresentação software Referência (APROSOJA)

 

Água Boa

29 de setembro

19:00 - Gestão de índices, custos e resultados - Palestrante Alex Lopes da Silva

20:00 - A sucessão nas empresas rurais familiares - Palestrantes Felipe Leal/Charles Daneberg

30 de setembro

07:30 - Implantação de indicadores de desempenho no controle do sistema de produção - Instrutor Carlos Guerreiro

10:00 - Apresentação software Referência (APROSOJA)

 

Nova Xavantina

30 de setembro

19:00 - Gestão de índices, custos e resultados - Palestrante Alex Lopes da Silva

20:00 - A sucessão nas empresas rurais familiares - Palestrantes Felipe Leal/Charles Daneberg

01 de outubro

07:30 - Implantação de indicadores de desempenho no controle do sistema de produção - Instrutor Carlos Guerreiro

10:00 - Apresentação software Referência (APROSOJA)

 

4º SEMANA

Paranatinga

03 de outubro

19:00 - Gestão de índices, custos e resultados - Palestrante Gustavo Adolfo Aguiar

20:00 - A sucessão nas empresas rurais familiares - Palestrantes Sandro Al Alam Elias

04 de outubro

07:30 - Implantação de indicadores de desempenho no controle do sistema de produção - Instrutor Carlos Guerreiro

10:00 - Apresentação software Referência (APROSOJA)

 

Primavera do Leste

04 de outubro

19:00 - Gestão de índices, custos e resultados - Palestrante Gustavo Adolfo Aguiar

20:00 - A sucessão nas empresas rurais familiares - Palestrantes Sandro Al Alam Elias

05 de outubro

07:30 - Implantação de indicadores de desempenho no controle do sistema de produção - Instrutor Carlos Guerreiro

10:00 - Apresentação software Referência (APROSOJA)

 

Jaciara

05 de outubro

19:00 - Gestão de índices, custos e resultados - Palestrante Gustavo Adolfo Aguiar

20:00 - A sucessão nas empresas rurais familiares - Palestrantes Sandro Al Alam Elias

06 de outubro

07:30 - Implantação de indicadores de desempenho no controle do sistema de produção - Instrutor Carlos Guerreiro

10:00 - Apresentação software Referência (APROSOJA)

 

Alto Garças

06 de outubro

19:00 - Gestão de índices, custos e resultados - Palestrante Gustavo Adolfo Aguiar

20:00 - A sucessão nas empresas rurais familiares - Palestrantes Sandro Al Alam Elias

07 de outubro

07:30 - Implantação de indicadores de desempenho no controle do sistema de produção - Instrutor Carlos Guerreiro

10:00 - Apresentação software Referência (APROSOJA)

Fonte: GECOM SENAR-MT