Boa tarde, Domingo 05 de Abril de 2020

Saúde

Prefeitura de Sinop mantém entrega de medicamentos de alto custo

Saúde pública | 24 de Março de 2020 as 15h 48min
Fonte: Assessoria

A Prefeitura de Sinop, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, está organizando a rotina de entrega de medicamentos para que a população não fique desabastecida neste período de quarentena e por conta do COVID-19 (coronavírus). Conforme a coordenadora da Central de Assistência Farmacêutica (CAF), Elcineia Rodrigues Paiva, a entrega dos medicamentos de ALTO CUSTO está sendo feita exclusivamente na residência dos pacientes, para que eles não precisem ir até a unidade e com isso, evita-se aglomeração de pessoas no local.

“Os cidadãos devem ficar tranquilos porque ninguém vai ficar sem seu medicamento. Inclusive, estamos sendo tolerantes com receitas e renovação de processos de ALTO CUSTO, pois entendemos que as consultas de rotinas foram canceladas por conta da pandemia. Algumas pessoas, também, estão recebendo uma quantidade maior de medicamentos, sendo suficiente para 60 dias, claro, que sempre acompanhado de muita orientação, assim como sempre foi feito pelos nossos profissionais de saúde, para evitar qualquer tipo de automedicação”, frisa.

Já os medicamentos e insumos entregues por meio de ORDEM JUDICIAL, por possuírem uma demanda menor, continuam sendo entregues na Secretaria Municipal de Saúde, de segunda-feira a sexta-feira, das 7h às 13h.

Nas Farmácias Regionais do município, André Maggi, Umuarama e Jacarandás (Anexo ao Ciams), a entrega dos medicamentos convencionais está sendo realizada normalmente de segunda-feira a sexta-feira, das 7h às 11h e das 13h às 17h. Segundo a coordenadora do departamento de Assistência Farmacêutica, Emily Carolina Nunes Lopes, também, não está sendo exigido a receita atualizada de pacientes que retiram medicamentos mensalmente.

“Os medicamentos de uso contínuo estão sendo estregues para 60 dias e os controlados e psicotrópicos para 90 dias. As receitas que vencem este mês estão sendo aceitas e tendo suas datas prolongadas até passarmos este período de quarentena”, explica.