Boa noite, Sábado 08 de Agosto de 2020

Saúde

Prefeitura reduz contrato do Hospital de Campanha para 90 dias

Retificação da publicação corta duração do contrato pela metade

Sinop | 30 de Julho de 2020 as 18h 26min
Fonte: Jamerson Miléski

Foto: Assessoria

Há uma semana a prefeitura de Sinop abriu as portas do Hospital de Campanha – montado no prédio do Hospital da Visão do Lions, para atender pacientes com Covid-19. Para gerenciar a unidade, a prefeitura chamou o ISSRV (Instituto Social Saúde Resgate a Vida), mesma empresa que administra a UPA 24h do município. A contratação foi com dispensa de licitação.

O extrato de contrato publicado no dia 22 de julho era para que o ISSRV tocasse a unidade por 180 dias – o que totalizaria o valor de R$ 3.648.436,20, cerca de R$ 608 mil por mês.

Hoje, quinta-feira (30), a prefeitura publicou no Diário Oficial uma retificação desse contrato. A alteração encolhe a duração do contrato para 90 dias – e não 180 dias como previsto inicialmente.

Com a retificação, o contrato para o ISSRV tocar o Hospital de Campanha encerra no dia 22 de outubro.

 

O Hospital de campanha

O Hospital de Campanha foi montado para substituir a tenda montada em frente a UPA para atender pacientes com Covid-19 e potencializar a estrutura da rede pública para o enfrentamento da pandemia.

A unidade funciona 24h, atendendo exclusivamente pacientes relacionados ao Covid-19. No local são feitos os testes rápidos para doença, as consultas clínicas, a distribuição dos kit’s com medicamento e as internações de pacientes, em enfermarias e em leitos similares a UTI.

O Hospital conta com dois consultórios médicos, 4 leitos para estabilização, 7 leitos de enfermaria e 7 semi-intensivos (similares a uma UTI). O “pulmão” do Hospital de Campanha são os 7 equipamentos respiradores, que aumentam a capacidade de atendimento do município aos pacientes com os casos mais agudos da doença. Destes, 5 foram adquiridos através de emenda do deputado federal Nelson Barbudo e 2 foram doados pelo Grupo Schaffer – iniciativa privada que atua no agronegócio.